Advogado é preso após obrigar clientes a pagar honorários com sexo nos EUA

O advogado David Whelan, de 49 anos, foi preso na última terça-feira (16), no Tennessee, Estados Unidos, após diversas acusações de estupro. Ele é acusado de forçar suas clientes a pagarem os honorários advocatícios com sexo. De acordo com o UOL, Whelan recebeu quatro acusações sob coerção (manipulação verbal), quatro sob fraude (quando o agressor […]
| 18/06/2020
- 19:06
Advogado é preso após obrigar clientes a pagar honorários com sexo nos EUA
Tennessee Bureau of Investigation, Reprodução - Tennessee Bureau of Investigation, Reprodução

O advogado David Whelan, de 49 anos, foi preso na última terça-feira (16), no Tennessee, Estados Unidos, após diversas acusações de estupro. Ele é acusado de forçar suas clientes a pagarem os honorários advocatícios com .

De acordo com o UOL, Whelan recebeu quatro acusações sob coerção (manipulação verbal), quatro sob fraude (quando o agressor obtém consentimento enganando a vítima) e uma acusação de promoção de . O Departamento de Investigação de Tennessee abriu inquérito contra o advogado em fevereiro de 2019, quando uma cliente denunciou uma tentativa de estupro.

Conforme o andamento das investigações, os agentes do órgão encontraram indícios de que ele já havia estuprado outras clientes antes. Whelan está preso sob fiança de US$ 75 mil (R$ 392 mil).

Veja também

Socorristas têm usado drones e helicópteros para procurar vítimas

Últimas notícias