Mundo

Duas crianças são atacadas por tubarão em Nova York

A reserva onde o ataque aconteceu foi fechada ao público

Tábata Rauschkolb Publicado em 19/07/2018, às 11h32

Lola Pollina, em entrevista coletiva após receber alta
Lola Pollina, em entrevista coletiva após receber alta - Lola Pollina, em entrevista coletiva após receber alta

Duas crianças, uma menina de 12 anos e um menino de 13 anos, foram atacadas por tubarões em Nova York, Estados Unidos. As vítimas tiveram ferimentos leves nas pernas. Os ataques aconteceram em diferentes pontos de Long Island, na reserva Fire Island National Seashore.

As crianças receberam atendimento médico após o acidente e passam bem.

Em entrevista coletiva, Lola Pollina – a menina de 12 anos – contou que nadava com água até a cintura quando viu algo se aproximando, ela disse que logo depois sentiu muita dor, olhou para baixo viu uma barbatana e a perna ensanguentada. Ela estima que o animal tenha cerca de um metro de comprimento.

Já no caso do menino, durante o atendimento médico foi retirado um dente do machucado. O material foi enviado para análise e a perícia tenta identificar a espécie de tubarão.

Após os ataques, a reserva foi fechada ao público e só será reaberta após a conclusão das investigações, informou a porta voz do local, Elizabeth Rogers, segundo informações do portal O Globo.

Jornal Midiamax