Polícia procura relação entre assassino e vítimas

Sete pessoas morreram na noite deste domingo (10) em uma casa na cidade de Plano, no Texas, Estados Unidos, vítimas de um suposto ataque de um atirador, morto pela polícia local. Duas outras vítimas teriam sido levadas a um hospital próximo à região do crime.

Segundo o oficial de Polícia, David Tilley, informou ao jornal USA Today, o crime teria acontecido por volta das 20 horas. Todas as vítimas são adultas, e até o momento não foi estabelecida uma relação entre o atirador e os mortos.

“Nós estamos procurando por um motivo”, disse o oficial. Duas divisões de polícia do Texas foram deslocadas para investigar o caso. Conforme o protocolo estadunidense, o policial que atirou no suspeito foi afastado das investigações.Atirador mata sete e é morto pela polícia em tiroteio nos EUA

Uma testemunha visual, Crystal Sugg, que mora próximo ao local do crime, disse a repórteres locais que teria visto uma mulher discutindo do lado de fora da casa, localizada em um subúrbio ao norte da cidade de Dalllas.

Ainda segundo a testemunha, a mulher teria voltado para a casa após a discussão, e teria sido perseguida por um homem com uma arma. Depois disso, Crystal disse ter ouvido tiros em série, aparentemente de uma arma automática.