Mundo

Estação espacial chinesa de 8,5 toneladas deve cair na Terra em 2017

Informação já foi confirmada pelo governo chinês

Wendy Tonhati Publicado em 21/09/2016, às 12h19

None
5616.jpg

Informação já foi confirmada pelo governo chinês

A estação primeira espacial chinesa Tiangong-1, lançada no espaço em 2011, deve retornar em breve à atmosfera terrestre, possivelmente, em forma de bola de fogo. As autoridades chinesas já confirmaram que a estação espacial de 8,5 toneladas conhecida como 'Heavenly Palace' [Palácio Celestial] deve voltar ao planeta terra em algum momento em 2017, com algumas partes susceptíveis de atingir a Terra. Estação espacial chinesa de 8,5 toneladas deve cair na Terra em 2017

As informações já estão em sites especializados e foram também divulgadas pelo jornal britânico The Guardian. Quando a estação espacial foi lançada, foi encarada como um esforço científico para transformar a China em uma superpotência espacial. O anúncio confirmou meses de especulação de que a China tinha perdido o controle de um dos módulos após algum tipo de falha técnica ou mecânica.

“Baseados em nossos cálculos e análises, a maior parte do laboratório espacial vai queimar durante a queda”, disse o vice-diretor do escritório de engenharia chinês, Wu Ping, na agência oficial de notícias Xinhua.

Astrofísicos britânicos disseram à imprensa que seria impossível prever onde os destroços da estação espacial vão cair. A expectativa dos estudiosos é de que a maioria dos 8 toneladas derretam ao passar pela atmosfera, mas algumas partes, como os motores de foguetes, podem não queimar totalmente. 

Jornal Midiamax