Mundo

Por negligência, cão não é tosado e fica sem andar por 1 ano

Cachorro abandonado por dono russo foi encontrado com pelos enormes que o impediam de andar e respirar

Midiamax Publicado em 02/01/2015, às 21h52

None

Cachorro abandonado por dono russo foi encontrado com pelos enormes que o impediam de andar e respirar

Um cachorro teve seu destino completamente mudado depois da morte de seu dono, o russo Gore Zhdanov, 79 anos, há cerca de um ano. Deixado como parte da herança do idoso, junto com o apartamento na cidade de Novosibirsk, o animal foi completamente ignorado pelos novos donos e, após meses de negligência, foi encontrado com os pelos enormes, cheios de fezes e urina. A pelagem estava tão pesada que o impedia de andar e até respirar. As informações são do Daily Mail.

Segundo informaram os veterinários, os novos donos do cachorro não sabiam nem o seu nome e disseram ter o deixado no apartamento de Zhdanov para evitar que ladrões entrassem no local e roubassem objetos valiosos. Depois de as papeladas da herança finalmente saírem, decidiram, então, vender o imóvel – e o cachorro abandonado.

Por isso, chamaram os veterinários para que o buscassem e o encaminhassem à venda ou doação. Quando chegaram ao apartamento, os profissionais encontraram o animal em um estado deplorável e ficaram chocados. Somente para a tosa, foram necessárias seis pessoas, 3 horas e quatro sacos de lixo de cem quilos para o pelo removido. O cachorro estava cheio de feridas e está recebendo tratamento com vitaminas para que possa se recuperar.

Jornal Midiamax