Mundo

Mortos em avalanches no Afeganistão chegam a 200

Fortes nevascas atingiram a região norte do país nos últimos dias

Gerciane Alves Publicado em 26/02/2015, às 13h23

None
avalanche.jpg

Fortes nevascas atingiram a região norte do país nos últimos dias

As avalanches provocadas pelas fortes nevascas nos últimos dias na região norte do Afeganistão deixaram mais de 200 mortos, anunciaram as autoridades nesta quinta-feira (26).

Apenas na província de Panjshir morreram pelo menos 168 pessoas, afirmou o governador Abdul Rahman Kabiri.

A neve caiu em abundância nas últimas 48 horas em grande parte do norte do Afeganistão, enquanto o inverno se anunciava ameno e seco até agora.

Em Cabul, coberta por uma fina camada de neve branca, o fornecimento de energia elétrica foi afetado devido a cabos danificados ao longo da passagem de Salang, que liga o norte do país à capital afegã.

As avalanches e tempestades de neve são frequentes no Afeganistão e causam a cada ano a morte de dezenas de pessoas. Em 2010, uma avalanche na passagem de Salang deixou 160 mortos.

Em março de 2012, cerca de 50 pessoas morreram e 145 desapareceram, levadas por uma avalanche em Badakhshan (noroeste do país).

Apesar dos milhões de dólares em ajuda internacional depositados a cada ano, este Estado montanhoso, devastado por 35 anos de conflitos, continua a ser um dos países mais pobres do mundo.

Jornal Midiamax