Autoridades acreditam que aparelho não resistiu ao peso do contrabando e caiu

Autoridades mexicanas recuperaram um drone, veículo aéreo não tripulado, que caiu com quase três quilos de droga no estacionamento de um supermercado na cidade de Tijuana, perto da fronteira -Estados Unidos.

O pequeno aparelho levava seis pacotes de metanfetamina presos na fuselagem.

A metanfetamina é uma droga sintética potente e altamente viciante que age no sistema nervoso central.

Tudo indica que a aeronave não conseguiu resistir ao peso que carregava (2,7 quilos) e despencou no estacionamento perto de uma passagem de fronteira em San Ysidro que leva à Califórnia.

O drone tinha seis hélices e uma bateria de lítio.

Acredita-se que a aeronave tinha os Estados Unidos como destino.

As autoridades estão investigando o caso para descobrir de onde o drone saiu e quem estava controlando o aparelho.

Não é a primeira vez que drones são usados para o entre o México e Estados Unidos.

Este também não é o único método “criativo” usado pelos traficantes. Em ocasiões anteriores, eles já usaram catapultas, túneis e aviões rápidos para fazer a droga cruzar a fronteira.