O rapper Hungria que está em onde fez um show em na sexta-feira (14) e fará outro neste sábado (15) no Parque de Exposições em , a 313 km de Campo Grande, teve o veículo abordado pela PRF quando seguia pela rodovia.

Durante a abordagem, ao reconhecer o , os policiais pediram para tirar foto. O cantor atendeu o pedido que foi gravado por uma pessoa de sua equipe e postado nas redes sociais.

Conforme postados nas redes sociais do Hungria, chegaram no aeroporto de Ponta Porã na manhã de sexta-feira (14) e aproveitou para passear na cidade ao lado, em Pedro Juan Caballero no Paraguai. Conforme publicou nas redes sociais, atendeu fã no aeroporto e também na cidade paraguaia.

Depois, aproveitou e deu uma ‘palinha' em um barzinho de Ponta Porã. No local estava a cantora Karla Duarte, que em seus stories comentou que estava cantando no local, quando o Gustavo, cantor do Hungria chegou. “Cantei uma dele e ele veio falar comigo. Que simpático, me abraçou, conversou e pediu pra gente tirar foto”, contou animada nas redes sociais.

Ele ainda reclamou da companhia aérea que não entregou a mala que teve de ser despachada de a Ponta Porã.

Hungria ficou conhecido nacionalmente pelo seu primeiro single, “Bens Materiais”, mas só alcançou sucesso fora do território nacional com as músicas “Dubai”, “Lembranças“, “Coração de Aço”, entre outras.

Hungria participa na música ‘Som do Interior' da terceira edição do projeto “Fazendinha Sessions”, onde vários artistas se reuniram com Ana Castela, um dos maiores nomes da música no momento. A edição 3 foi lançada na quinta-feira (13).

Além da boiadeira, a canção conta com as participações de João Carreiro, Us Agroboy, Hungria Hip Hop, Luan Pereira, Chris no Beat, Felipe Amorim. A faixa já está disponível em todas as plataformas digitais.