MidiaMAIS / Famosos

MPSP denuncia Carlinhos Mendigo por discurso de ódio contra LGBTs

Humorista fez postagens sugerindo que pessoas LGBTs são inferiores e não deveriam ter o direito de adotar

Nathália Rabelo Publicado em 18/10/2021, às 14h15

Carlos Alberto da Silva
Carlos Alberto da Silva - Foto: Reprodução

O Ministério Público de São Paulo denunciou o humorista Carlos Alberto da Silva, mais conhecido como Carlinhos Mendigo, por comentários LGBTfóbicos, publicados por ele nas redes sociais. As postagens, que são objeto da denúncia, foram feitas em julho deste ano.

Em uma delas, o ex-integrante do Pânico na TV disse que “preferia ser órfão do que adotado por uma mulher operada que se passa por homem para ter o privilégio de adotar uma criança”. Em outra publicação, ele teceu comentários ainda mais pesados: “Prefiro ser também órfão do que ser criado por um homem operado se passando também por mulher para querer ser mãe. Não existe jamais amor real nisso”.

Na ação, o promotor da Justiça, Fernando Albuquerque Soares de Souza, afirmou que as publicações são imbuídas de desprezo e ainda sugerem que os homossexuais e os transgêneros são inferiores, que não deveriam ter o direito de adotar. Ele termina a denúncia com um alerta para a sociedade: "Essas afirmações propagam o ódio, incitam a discriminação e induzem ao preconceito e à violação de direitos humanos".

Jornal Midiamax