MidiaMAIS / Famosos

Com risco de morte súbita, Rafael Cardoso abre o jogo: 'eu era uma bomba relógio'

Histórico familiar do ator já levou 5 pessoas de sua família por morte súbita

João Ramos Publicado em 09/06/2021, às 10h38

Artista fez live com médico para alertar, explicar e conscientizar
Artista fez live com médico para alertar, explicar e conscientizar - (Reprodução)

Rafael Cardoso achou importante esclarecer e alertar a população a respeito do procedimento que realizou na semana passada, quando implantou um desfibrilador no coração.

A gravidade da situação do ator, que descobriu uma fibrose no músculo do coração, chamou atenção do Brasil, principalmente pelo fato de Rafael ter destacado o risco de morte súbita provocado pela condição.

Bomba-relógio e histórico familiar

Durante uma live no Instagram com o médico Eduardo Saad, profissional que implantou o dispositivo, o ator comentou sobre sua doença. "Com o meu histórico familiar, eu era uma bomba-relógio”, relatou.

O artista que está no ar em todas as novelas da Globo revelou que cinco membros de sua família já haviam falecido de morte súbita. Entre os familiares, um primo com apenas 5 anos, diagnosticado como diabético e uma tia de 19 anos.

Sopro e conscientização

Na transmissão ao vivo, o intérprete de Renzo em "Salve-se Quem Puder" contou que na adolescência foi diagnosticado com sopro no coração, mas anos se passaram e por apresentar uma disposição física favorável parou de fazer exames. Rafael só voltou a realizar os procedimentos de rotina após ter contraído o vírus da Covid-19, especialmente por incentivo de sua sogra, Sônia Bridi.

Diante do alvoroço e da importância dos fatos envolvendo o risco de morte súbita, a fibrose no músiculo do coração e a implantação do desfibrilador (aparelho que envia choques para o órgão), ele decidiu fazer live com o médico em seu Instagram nesta terça-feira (08), para explicar, conscientizar e alertar as pessoas, mostrando como prevenir a fatalidade.

Jornal Midiamax