MidiaMAIS / Comportamento

Geração Z usa internet com intensidade e prefere comunicação rápida, diz pesquisa

Relatório aponta o modo desse público se comportar na internet

Nathália Rabelo Publicado em 22/09/2021, às 16h52

None
Foto: Reprodução

A Geração Z é formada por pessoas nascidas entre os anos de 1990 a 2010 e conhecida por ser a primeira leva de nativos digitais. Essas relações construídas na Internet transformam a dinâmica das marcas, que todos os dias precisam se adaptar às constantes mudanças dessa ‘garotada’. De acordo com o relatório “O desafio Z: Comunicação para a geração hiperconectada”, da Kantar IBOPE Media, a nova geração é altamente conectada, sendo que 98% dos seus integrantes acessam a Internet.

No entanto, conectividade não é só “estar online”. Os gen Zs se destacam, também, pela intensidade do uso da tecnologia: acessam à Internet de mais devices e por mais tempo. Enquanto a população geral navega, em média, cerca de 5h26 por dia, os gen Zs passam 6h45 na web.

O dispositivo mais comum para realizar essa “missão” é o smartphone: 98% acessam a internet por meio dele. Computador ou notebook (37%), Smart TV (25%) e videogame (5%) são as outras plataformas de consumo escolhidas.

Entre os conteúdos mais acessados, por sua vez, as redes sociais têm grande impacto para esta geração. É válido destacar que eles preferem comunicações rápidas, o que faz com que foquem mais em stories (publicações curtas e temporárias) e menos na linha do tempo (posts longos e permanentes).

Apesar de o Facebook ser o mais consumido entre todas as faixas etárias, ganham destaque redes sociais como Instagram, Tik Tok e Twitter, com o uso muito acima do que a média da população.

Relacionamento com as marcas

Por serem altamente conectados, os integrantes da Geração Z são expostos a uma grande quantidade de informação diariamente. Segundo o relatório da Kantar IBOPE Media, as marcas que querem se destacar nesse mar de conteúdo precisam agir justamente como esse público. Ou seja, marcar presença em múltiplos canais.

Quando o assunto é relacionamento, 60% dos gen Zs costumam seguir marcas nas redes sociais. O número está muito acima da população geral: 36%. Ainda vale ressaltar que 62% conversam com muitas pessoas sobre produtos e serviços.

Jornal Midiamax