Sempre muito quente, o clima de às vezes lembra uma cidade litorânea sem mar. Imagina que liberdade seria poder se exercitar com roupas de banho assim como fazem em Copacabana e Ipanema? E essa foi a brincadeira sugerida por uma amiga à fisiculturista Janna Braga, que fez sua corrida rotineira na Av. Afonso Pena de biquíni e chamou atenção de muita gente no domingo (10) e viralizou nesta semana.

“Eu sou atleta há algum tempo já e faço meu aeróbico na Afonso Pena, na Orla Morena, obviamente que não de biquíni (risos). Já estava terminando o percurso e minha amiga disse: ‘já imaginou correr aqui de biquíni, olha o tanto de gente'. Como eu estava usando por baixo da roupa depois de um dia de piscina, e depois de uma brincadeira, fiz”, conta a atleta ao Jornal Midiamax.

A mentora fitness relembra que as pessoas ficaram muito impressionadas com a atitude ao ponto de gritarem e baterem palmas enquanto ela passava. A atleta também frisou que não imaginava a grande repercussão dos vídeos que foram parar em páginas do e bombaram no tiktok.

“Aqui em Campo Grande, moramos numa capital com visão de interior. Já fiz isso em muitos locais que tem praia ou região litorânea e é normal. Aqui algumas pessoas assustaram e acharam demais, mas graças à Deus a repercussão positiva está sendo muito maior, de uma maneira que eu não imaginava”, afirma a atleta.

Atleta de fisiculturismo viraliza ao correr na Afonso Pena de biquíni
(Reprodução, Instagram)

Janna Braga já participa do mundo do fisiculturismo há 4 anos e participou de competições regionais e nacionais, como Arnold Classic, Sardinha Classic, Mister Olímpia, sempre entre 3º e 4º lugar entre mais de 25 atletas. ‘Ex-gordinha', como se auto intitula, a mentora fitnesse mostra nas (@jannabraga.oficial) a evolução do corpo baseada na rotina saudável.

“Trabalho como mentora fitness com esse foco desde quando comecei a emagrecer. Utilizo muito esse apoio emocional da mentoria para que as pessoas tenham resultados nas mudanças. Para nós que trabalhamos com , (o vídeo) foi muito bom. Recebi mensagens positivas, mensagens negativas também, mas é assim mesmo, mas estou muito feliz”, finaliza.


Fale MAIS!

O que você gostaria de ler no MidiaMAIS? Envie sua sugestão para o e-mail [email protected], ou pelo telefone (67) 99965-7898. Siga a gente no Instagram – @midiamax