Morreu nesta terça-feira (27), aos 75 anos, o sociólogo e historiador Paulo Eduardo Cabral. A notícia da morte foi confirmada pela Fundação de de , entretanto, as motivações do falecimento ainda não foram informadas. Ele havia completado 75 anos há um mês, no dia 25 de janeiro.

De acordo com a família, o velório ocorre nesta terça-feira (27) a partir das 10 horas da manhã na Capela das Palmeiras, na Avenida Tamandaré. Já o sepultamento está marcado para as 16 horas, no Cemitério Jardim das Palmeiras.

Conforme a Fundação de , Paulo Cabral era natural de São Paulo, onde decidiu cursar Ciências Sociais em 1968, auge da Ditadura Militar no Brasil. Mas fixou residência em (), onde viveu até os últimos dias.

Na Capital sul-mato-grossense, virou figura carimbada da imprensa pela contribuição com comentários políticos e análises de comportamentos: ele refletia sobre a sociedade como ninguém.

Além disso, foi presidente do Instituto Histórico e Geográfico de . Ocupou a cadeira nº 22 do IHGMS (patrono Hélio Serejo) e presidiu a entidade no período de 6 de novembro de 2016 a 31 de dezembro de 2018.

morre paulo cabral