Mariah Corrêa conhece as passarelas e sabe desfilar desde cedo. Por demonstrar afinidade com esse universo, contou com o apoio total da para participar dos primeiros concursos de beleza em Campo Grande, onde nasceu e mora atualmente. Os primeiros títulos vieram aos três anos de idade, com a menina sendo coroada Baby e Miss Popularidade da Capital.

A pandemia de covid-19 acabou pausando a carreira promissora da miss mirim, mas, logo que foi possível, vieram mais títulos, e ainda estaduais: o de Miss Baby Fotogenia e o de Miss Baby Mato Grosso do Sul, ambos em 2022. Agora, com 6 anos, Mariah e a família vivem a expectativa de que ela vença o concurso Mini Miss Brasil, que será realizado nos dias 17 e 18 de março em , no Paraná.

“E com muito orgulho e gratidão representar Mato Grosso do Sul”, diz a agente de viagens Clézia Corrêa, que é mãe e incentivadora dos sonhos da filha. Ela garante que a vontade de trazer o título para o Estado parte da própria Mariah, que pede muito para participar do concurso e ensaia todos os dias para isso.

Mariah aos 3 anos, quando participou de seu primeiro concurso (Fotos: acervo pessoal/Clézia Corrêa)

Apoio para participação

Clézia se esforçou para, ao menos, tornar a viagem até a capital paranaense possível. “Converso muito com ela, porque é uma criança que entende. Não iria levá-la porque esses concursos envolvem muitos gastos, mas decidi realizar esse sonho porque, independentemente do resultado, para nós ela já é uma campeã, uma das melhores do Brasil”, afirma a mãe.

Porém, Mariah precisa de apoio para o que ainda falta conseguir até o grande dia. “Precisamos de hospedagem em hotel, que está quase R$ 700 e precisamos pagar à vista. Tem também o penteado para ela desfilar, que ficará entre R$ 120 e R$ 150. O restante, já nos viramos para conseguir”, cita a mãe.

Clézia afirma que tentou conseguir ajuda de agentes públicos, vendo que outras candidatas conseguiram em suas cidades. “Buscamos esse apoio, até porque vamos levar o nome de Mato Grosso do Sul para fora. Chegamos a ficar 1 e 2 horas esperando ser atendidas em gabinetes, mas não conseguimos”, lamenta.

Para apoiar Mariah a disputar o título de Mini Miss Brasil, é preciso entrar em contato com a mãe, Clézia pelo número (67) 99172-0577.

Saiba Mais