Dia da Televisão: Conheça a história e as curiosidades por trás da criação das emissoras em MS

Programação de 2h30, primeira transmissão e comercialização de aparelho televisivo: Conheça as curiosidades que cercam as primeiras décadas de televisão no Estado
| 11/08/2023
- 08:00
Dia da Televisão: Conheça a história e as curiosidades por trás da criação das emissoras em MS
Primeiro prédio da TV Morena. (Reprodução, TVMO)

Apesar do crescimento exponencial da internet na última década, a televisão continua ocupando um papel de grande importância na vida dos brasileiros, principalmente em âmbito de informação, cultura, noticiabilidade e formação de opinião. Mas, a pergunta que fazemos é: você sabe qual é a história da televisão em ? Qual o primeiro programa a ir ao ar no Estado? Se a resposta é não, continue a leitura. Faremos uma imersão nas décadas que construíram e concretizaram a televisão em MS.

Quando a televisão chegou a MS era tudo mato

Para entendermos sobre a primeira transmissão feita em Mato Grosso do Sul, é necessário entender mais o contexto histórico do Estado e voltar no tempo, quando MS ainda era MT.

Como conta o e professor Marcelo Cancio em seu livro "Telejornalismo Descoberto", no início da década de 20, com a expansão da pecuária, criação extensiva de gados e criação da Noroeste do Brasil, muitos moradores começaram a migrar para a região centro-sul do até então estado de Mato Grosso. Com o passar dos anos, o que antes eram apenas fazendas, se tornaram cidades, como o caso de , Aquidauana, , Campo Grande e .

 

E claro, como o Estado ainda se desenvolvia, não havia muitos meios de comunicação, eram poucos os jornais impressos e emissoras de rádio nos municípios. Os que existiam se concentravam principalmente em Campo Grande, que na época já era responsável por centralizar as principais atividades econômicas e políticas no sul de Mato Grosso.

Primeira emissora também comercializava aparelho televisivo

Foi no ano de 1965 que a primeira emissora chegou. Sim, antes mesmo da divisão do Estado! Os empresários responsáveis pelo feito foram os irmãos Zahran que na época já estavam estabelecidos como um grupo empresarial no ramo de distribuição de gás na região Centro-Oeste.

E se você tem curiosidade de saber o que era necessário para abrir uma emissora, lá vai a resposta: capital financeiro, população da cidade, comércio local e uma quantidade considerável de residências.

 

E o que será que motivou os empresários a investir no que na época era uma grande novidade no Brasil? Interesse econômico. Nos anos 60, as pessoas não tinham acesso ao aparelho televisivo com tanta facilidade, mas era um mercado que estava em expansão. Além disso, eles aproveitariam o espaço para facilitar outro tipo de comércio: o de venda de aparelho de TV.

Sim, o grupo Zahran também revendia aparelhos da marca Philco e até chegaram a montar uma pequena fábrica de aparelhos da marca Michigam. Ou seja, trazendo para a região a primeira emissora, eles conseguiram viabilizar dois novos negócios: a venda de televisores e a comercialização de anúncios na TV, a grande novidade do mercado na época.

A concessão foi autorizada em 26 de outubro de 1965.

 

E qual foi o primeiro programa a ir ao ar?

A TV Morena foi inaugurada no dia 24 de dezembro de 1965, em uma sexta-feira, no mesmo endereço que está até hoje, na Av. Eduardo Elias Zahran. E para oficializar a inauguração da emissora, o primeiro sinal transmitido pela TV foi um histórico da vida dos empresários Zahran, alguns cumprimentos das autoridades da época e a exibição de 3 filmes.

O primeiro telejornal só seria exibido quase uma semana depois, no dia 27, o "Notícias do Dia", com uma edição de 25 minutos.

Assistir TV, além de luxo, era só para quem estava em casa à noite

No dia 30 de dezembro foi divulgada a primeira programação exibida pela emissora. Diferente do que estamos acostumados hoje, com programas liberados em qualquer horário do dia, nos primórdios da TV no Estado a programação completa durava menos de 3h e incluía um momento de oração, desenho animado, noticiário, filme adulto, filme juvenil e uma crônica social. A programação começava às 18h50 e terminava às 21h30.

"Começava quase 19h, às 21h30 encerrava. Aí a televisão ficava um chuvisco, não tinha mais nada. Só no outro dia que ia ter, no mesmo horário", explica Marcelo.

A transmissão só era possível graças a famosa torre

Quem é de Campo Grande ou já passou pela cidade provavelmente já viu a famosa torre da TV Morena. E ela está ali desde a criação da emissora. Isso porque, como explica Marcelo Cancio, ela era a responsável pela transmissão.

"As transmissões eram por micro-ondas, eles jogavam o sinal para uma outra torre. Por exemplo, em Aquidauana pegava TV Morena, então eles transmitiam dessa torre pra outras várias torres até Aquidauana, até chegar sinal lá", conta o jornalista.

"Quando caía uma torre dessa, tinha vendaval, chuva forte ou vento forte, cortava a transmissão", afirma.

TV Campo Grande: a 2ª em Campo Grande, a 1ª depois da divisão do Estado

De 1965 até os anos 80, a TV Morena foi a única emissora no Estado. Isso só foi mudar em 11 de outubro de 1980, quando a TV Campo Grande foi criada. Desde o seu início, o grupo firmou contrato com o Grupo Silvio Santos, transmitindo primeiro sinais da TVS e, posteriormente, do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

Primeiro quadro de entrevista e participação do público

A TV Educativa foi a terceira emissora inaugurada em Campo Grande, em 1984, vinculada à Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. Por quatro anos ela foi uma retransmissora e só depois de 1988 é que eles conseguiram licença para produzir programas locais como musicais e programas de entrevista.

Em 1994, com a criação do Jornal da TVE, eles abordavam um tema específico, o assunto era discutido em entrevista ao vivo e os telespectadores conseguiam participar encaminhando perguntas por fax, telefone e correio eletrônico.

Veja também

Ele aproveitará a pausa para se dedicar a vida pessoal. O anúncio veio semanas após uma declaração do ator falando sobre a noite do atropelamento de Kayky Brito

Últimas notícias