Com a exposição do sumiço da guitarra de Roberta Miranda, Campo Grande virou notícia em todo o Brasil nos últimos dias. Inicialmente, a artista pensou que a companhia aérea responsável por seu voo de volta para casa havia extraviado o instrumento, mas, no fim das contas, descobriu que o objeto sequer entrou no aeroporto.

Após averiguar as câmeras de segurança, Roberta Miranda então soube que a guitarra de estimação estava mesmo em Campo Grande e poderia ter sido furtada após sua apresentação no Campão Cultural, em 11 de outubro. Mais de um mês depois, na segunda (21), a saga para recuperar o instrumento chegou ao fim.

Conforme divulgado por Roberta Miranda, um policial de Campo Grande encontrou o objeto. Para preservar sua identidade, ele incumbiu uma fã campo-grandense da cantora para realizar a devolução, sem revelar maiores detalhes sobre como e onde encontrou o instrumento. Preocupada com a “imagem” de Campo Grande, a arquiteta Juliane Brum (fã que fez a ponte para a entrega) lamentou o ocorrido.

“O que eu realmente gostaria é que essa marca que ficou em cima de Campo Grande e de Mato Grosso do Sul fosse limpa, sabe. Não era isso que a gente queria, eu sou daqui, gosto muito daqui, e isso não ficou legal para a nossa região”, relatou ela ao Jornal Midiamax.

Guitarra de Roberta Miranda “manchou” a imagem de Campo Grande?

Depois que a história teve seu desfecho, feliz, por sinal, campo-grandenses se manifestaram sobre a “fama” da Capital de Mato Grosso do Sul com o episódio. A maioria diz que, realmente, “ficou muito feio” para Campo Grande.

“Nossa, não tinha outro motivo? Agora deu vergonha”, disparou uma moradora. “Limpar o nome de CG”, como? Devolvendo algo que foi roubado?”, lamentou outra.

Nas redes sociais, mais uma campo-grandense deu sua opinião sobre o assunto. “Não sei de nada, mas pela percussão da história, a Roberta Miranda já estava muito irritada com o sumiço da guitarra. Então foi encontrada, agora ela dorme em paz com a guitarra dela. Só acho que não ficou uma boa imagem pra Campo Grande-MS esse sumiço dessa guitarra da Roberta Miranda, porque deu muito alarde para os campo-grandenses. Eu aprendi assim se não é seu não pegue!”, disparou.

“Os Zé droguinha só queimando nosso Estado”, escreveu outra moradora. “Essa história tá mal contada, só sei que a Roberta Miranda terá história pra contar aonde ela estiver sobre CG, e que não soará nada bem pra quem escutar”, disparou mais uma.

Polêmicas de Roberta Miranda com Campo Grande

Quando chegou no dia 11 de outubro para se apresentar no Campão Cultural, Roberta Miranda deu uma coletiva de imprensa e contou que a “pior dor” de sua vida foi vivida em Campo Grande, aos 15 anos de idade.

“Uma das piores dores da minha vida – se não foi a pior dor da minha vida – foi aqui que eu senti”. Se eximindo de detalhes, a artista explicou que tudo ocorreu em um antigo restaurante chamado Garfo de Ouro, onde cantava.

Além disso, uma família muito influente de Campo Grande estaria envolvida com a polêmica, mas a identidade não foi revelada. “Toda vez que eu piso aqui em Campo Grande eu choro muito, porque aqui foi a maior dor que causaram em mim”, declarou. Roberta não quis dar mais informações, mas afirmou que toda a verdade será revelada em seu livro, previsto para ser lançado em 2023.

Guitarra e homem

Perder a guitarra por aqui fez a Capital marcar a sertaneja de forma negativa mais uma vez. Outra polêmica aconteceu no mesmo período, quando, por equívoco, Roberta Miranda escreveu que ficou com um homem em Campo Grande.

Após dizer em stories sensuais “amei este homem que fiquei em Campo Grande”, a cantora Roberta Miranda se pronunciou e disse que tudo não passou de um erro de sua parte. Segundo ela, a culpa foi da miopia e do corretor ortográfico de seu celular.

Depois da repercussão, ela explicou as fotos picantes e o que realmente quis dizer. “Tirei uma foto na jacuzzi porque eu adoro mesmo uma banheira. E aí, agora, eu falei pra minha assessora de imprensa dar uma olhada no que estava acontecendo, afinal de contas, eu já tô com uma imagem meio duvidosa. E ela leu e eu mesma postei isso, ao invés de colocar ‘adorei ficar nesse hotel’, eu coloquei ‘adorei ficar com esse homem’, mas galera não existe isso”, revelou, em meio a gargalhadas.

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok