Bombeiro traz paciente a Campo Grande e é surpreendido ao receber carteira perdida há 5 meses

Atendente de farmácia não desistiu de procurar pelo dono e devolveu objeto com dinheiro, documentos e cartões
| 01/06/2022
- 08:24
Bombeiro traz paciente a Campo Grande e é surpreendido ao receber carteira perdida há 5 meses
Foto: Montagem/Jornal Midiamax

Foi o de deixar o paciente sob cuidados médicos, no Hospital Regional, em Campo Grande, que o celular do soldado Wellington Di Martini, de 33 anos, apitou com uma mensagem, nessa terça-feira (31). Após ele até já ter desistido de procurar, uma pessoa disse estar com a carteira dele, intacta, com todos os documentos, dinheiro e cartões. Tudo isso após 5 meses. 

“Eu trabalho em Nova Alvorada e deixei o paciente no hospital. Quando estava saindo já, retornando, recebi a mensagem e depois fui lá buscar. Foi tudo muito rápido. Não tive nem tempo de agradecer direito ao rapaz que guardou para mim. Ele é atendente de uma farmácia e estava cheio lá. Mas hoje ou esta semana ainda vou voltar lá para conversar com ele direito e agradecer”, afirmou Wellington ao Jornal Midiamax. 

Segundo o bombeiro, a perda ocorreu em janeiro deste ano. “Eu estava na minha mãe, que mora ali na região da Vila Planalto. Fui comprar umas coisas para o almoço de domingo. Estava a pé, com minha esposa e meu cunhado. Não lembro se fui colocar a carteira na sacola ou o que fiz, só sei que, em questão de 10 minutos depois, vibrou o meu celular dizendo que alguém tinha feito uma compra de R$ 150, aprovada e parcelada em 3 vezes”, relembrou. 

Neste momento, o militar se deu conta de que havia perdido a carteira e então retornou ao mercado. “Meu irmão foi de me buscar, com a intenção da gente rodar por ali, na região da Orla mesmo e ver se achava. Alguns minutos depois, mais uma compra. Só que essa tentativa não deu certo. Era uma notificação da iFood, até hoje me lembro. Na época, eu publiquei na internet, pra ver se alguém encontrava algo na região, porém, não consegui saber de nada”, disse. 

Após um tempo, Wellington fala que bloqueou os cartões, pediu novos e excluiu a postagem. “Deixei pra lá, já tinha desencanado e entrei com pedido de uma nova CNH [Carteira Nacional de Habilitação]. Estava fazendo o toxicológico para a categoria D. Achei que nunca mais iria ver esta carteira, até que recebi essa mensagem”, comentou. 

Conforme o bombeiro, ao chegar na farmácia, o rapaz entregou a carteira e rapidamente voltou ao serviço. “Lá estava tudo, até os recibos do mercado dessa última compra que fiz para minha mãe. O que eu soube por cima é que ele encontrou perto do mercado mesmo. Achei a atitude dele muito bacana, de não desistir de me procurar. Acredito que alguém tentou usar os cartões, mas, como não conseguiu, descartou. E estava tudo exatamente do jeito que eu deixei. Foi algo surpreendente para mim”, argumentou.

Atendente diz que ficou muito feliz ao encontrar o dono do carteira

O atendente da farmácia, Rivaldo Rodrigues Vaz, de 19 anos, disse que ficou muito feliz em ter ajudado o bombeiro. "Os itens perdidos ficam trancados no cofre, na esperança dos donos irem até a loja procurar. Só que passou o tempo e eu estava com minha supervisora, quando decidimos tentar entrar em contato com o dono da carteira. Deu certo e conseguimos devolver", finalizou.

Veja também

Apresentadora viajou até Los Angeles (EUA) para conhecer cantora de quem é fã

Últimas notícias