MidiaMAIS

Produtos se transformam em personagens nas prateleiras de mercados da Capital: 'vou lá só pra ver de perto'

Goku, Vegeta, Capitão América e Super Mário invadiram gôndolas de atacadistas de Campo Grande

João Ramos Publicado em 27/09/2021, às 11h27

Desenhos nas gôndolas vão de Capitão América a Dragon Ball e Super Mario
Desenhos nas gôndolas vão de Capitão América a Dragon Ball e Super Mario

Ir ao mercado e dar de cara com uma gôndola estampando o seu herói ou personagem de desenho animado preferido pode despertar memória afetiva e deixá-lo suscetível a comprar aquele produto. É apostando na representatividade de figuras populares do universo da ficção que marcas alugam um espaço e tentam "conquistar" os clientes nem que seja pelo desenho.

Supermercados de Campo Grande, em especial os atacadistas, estão surpreendendo consumidores com enormes gôndolas decoradas e personalizadas com a cara de algum personagem famoso. A arte estampada com os próprios produtos usados para a formação das imagens, ou com papeis que, colados na ordem correta, formam os desenhos, está mesmo conquistando os campo-grandenses.

Goku estampado em gôndola de biscoitos (Foto: Arquivo Pessoal)

Marca de biscoitos de água e sal investiu em personagens do desenho animado Dragon Ball Z para promover seus produtos. Tanto no mercado, quanto na internet, a repercussão tem sido fantástica. Neste caso, o funcionário utilizou fitas adesivas coladas nos pacotes dos biscoitos para formar as imagens.

Príncipe da raça Sayajin, Vegeta (Foto: Arquivo Pessoal)

Para promover seus produtos, outra empresa está usando as próprias embalagens em mercados da Capital. A fabricante de laticínios apostou em heróis como Super Mario Bros, Homem-aranha e Capitão América para estampar as gôndolas com os produtos.

Criativa, a ação acontece frequentemente em todo o Brasil, mas nem sempre com personagens tão atrativos a ponto de gerar interesse público e curiosidade, já que muitos nem imaginam o porque das gôndolas estarem decoradas com as figuras.

Super Mario chama atenção em mercado (Foto: Reprodução)

"Dentro dos mercados, a gente estimula isso, o ponto de venda criativo, que é justamente para chamar atenção do consumidor do produto e alavancar as vendas", explica Wellington Marques, assistente de trade marketing da Big Merchandising, agência que presta serviços à marca de laticínios.

Ao Jornal Midiamax, Wellington esclarece como funciona o merchan. "Muitas vezes, o ponto da gôndola é negociável com a loja. Aí sempre que a gente consegue esses pontos, fazemos um trabalho criativo justamente para impulsionar a compra desses produtos", conta.

Capitão América é destaque em outro atacadista (Foto: Henrique Arakaki)

O ponto de vendas criativo não precisa estar necessariamente numa gôndola de destaque. Conforme Wellington, num ponto natural também é possível aumentar o espaço dos clientes para que o produto chame atenção do consumidor. E de fato, chama.

Nas redes sociais, os artistas repositores estão sendo aplaudidos pelo trabalho, e tem gente afirmando que está indo ao supermercado só para ver as "obras". De consumidores em geral, o trabalho só recebe elogios.  "Os caras 'manjam', hein...", "Amei" e "Vou lá só pra ver de perto" são alguns dos comentários de internautas na web.

Jornal Midiamax