MidiaMAIS

Oficina “Iniciando Caminhos no Tango” dá início ao Festival de Tango em Campo Grande

Projeto financiado pela Lei Aldir Blanc, tem a participação do bailarino Rafael Bittencourt, que atualmente reside na Argentina

Carlos Yukio Publicado em 28/05/2021, às 18h45

(Foto: Ilustrativa)
(Foto: Ilustrativa)

Para desenvolver o tango na região, a dançarina e professora Camilla Marques David lança a oficina “Iniciando Caminhos no Tango” e assina a produção geral do projeto financiado pela lei Aldir Blanc, por meio da Fundação de Cultura do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, que em breve estará disponível online e gratuito para os interessados.

“Iniciando Caminhos no Tango” é o pontapé para o Festival de Tango em Campo Grande, e apresenta um dos mais renomados bailarinos do estilo, Rafael Bittencourt, que atualmente reside na Argentina.

“O Rafael é campeão brasileiro de tango e por duas vezes finalista do Mundial de Tango. Ele participa voluntariamente da oficina, trazendo ainda mais qualidade ao trabalho oferecido, além de proporcionar uma experiência única aos participantes”, pontua ela.

A oficina acontecerá por meio de quatro aulas que trabalham desde a teoria quanto a prática da dança. A primeira aula apresenta a mecânica de movimento e movimento satelital. A segunda aborda os tipos de abraço e consciência de eixo. A terceira aborda os movimentos pendulares – saindo e entrando no eixo. Finalmente, a última e quarta aula integra a dança com a música e apresenta a estrutura musical do estilo.

Rafael está em Campo Grande até dia 15 de junho para concluir as entregas das vídeo-aulas para a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, bem como agenda de apresentações, aulas particulares e ensaio para o Festival de Tango que deverá acontecer em setembro.

Para mais informações sobre as aulas gratuitas e online de tango, acesse o instagram @camillamarquestango que em breve será divulgado o link de acesso. Para agendamento de aulas particulares e eventos com o professor Rafael, ligue no telefone (67) 99243-3752.

Sobre Rafael Bittencourt

Natural de Porto Alegre, Rafael tem 39 anos, sendo 15 anos destes foram dedicados ao tango. Começou sua caminhada como bailarino aos 11 anos no projeto Dança Criança da Escola Municipal José Loureiro da Silva. Aos 18 anos já participava de musicais como o “Day by Day”, onde fez o rol antagônico. Dos 19 aos 21 anos ingressou na companhia profissional “Terpsí Teatro de dança”, na qual participou dos espetáculos “Il la Nave no Va” e “O Banho”.

Após este fato, Rafael inicia o trabalho com tango no cassino Greek Mytology, em Macau, na China. Capacitou-se no estilo com professores renomados de Buenos Aires, como Guillermina Quiroga, Osvaldo Zotto e Lorena Ermocida, Juan Carlos Copes, Eduardo e Gloria, Jorge Dispari e María del Carmen, e outros. Sua formação também envolveu balé clássico, dança contemporânea e dança de salão.

Rafael também participou de cursos de capacitação com o grupo “Rosas” (Bélgica), e com o bailarino e coreógrafo Norte Americano Bill T. Jones. A partir de 2008 passa a colecionar prêmios em competições de tango no Brasil, levando o primeiro lugar no Campeonato Brasileiro de Tango em SP. Na argentina atuou em importantes shows de Tango como “Café Tortoni” e “Sr. Tango”. Foi professor no Leu Tango Week Festival (Ilha Reunião), na “Palou Tango Academy” (Londres/Reino Unido), dançarino da Cia “Mora Godoy” (Buenos Aires-Argentina), bailarino no espetáculo “El Querandí”, finalista do campeonato “Pelando variaión” (Buenos Aires/Argentina), além de ter participado de cenas do filme “Tita de Buenos Aires” (Buenos Aires-Argentina).

Jornal Midiamax