MidiaMAIS

Bailarina premiada na Rússia com ‘Oscar’ da dança traz ‘Cão Sem Plumas’ à Capital

A bailarina Deborah Colker ganhou o prêmio de melhor coreógrafa do mundo no Prix Benois de La Danse nesta terça-feira (5), pela coreografia de Cão Sem Plumas, que estreou em 2017 por sua companhia. O espetáculo estará em cartaz no Teatro Glauce Rocha nos dias 16 e 17, às 21h e 20h respectivamente. A entrada […]

Tatiana Marin Publicado em 05/06/2018, às 17h02 - Atualizado às 17h56

O espetáculo Cão Sem Plumas tem coreografia assinada por Deborah Colker, premiada como melhor do mundo na Rússia. (Divulgação)
O espetáculo Cão Sem Plumas tem coreografia assinada por Deborah Colker, premiada como melhor do mundo na Rússia. (Divulgação) - O espetáculo Cão Sem Plumas tem coreografia assinada por Deborah Colker, premiada como melhor do mundo na Rússia. (Divulgação)

A bailarina Deborah Colker ganhou o prêmio de melhor coreógrafa do mundo no Prix Benois de La Danse nesta terça-feira (5), pela coreografia de Cão Sem Plumas, que estreou em 2017 por sua companhia. O espetáculo estará em cartaz no Teatro Glauce Rocha nos dias 16 e 17, às 21h e 20h respectivamente. A entrada custa R$ 60 (meia) e R$ 120 (inteira).

Bailarina premiada na Rússia com ‘Oscar’ da dança traz 'Cão Sem Plumas' à CapitalAinda concorrem por Cão Sem Plumas os músicos Jorge Du Peixe e Berna Ceppas, na categoria compositores, e Gringo Cardia, na de cenógrafos.

Essa não é a primeira vez que o grupo é reconhecido internacionalmente, já que a Cia Deborah Colker teve sua excelência chancelada pela Society of London Theatre, arrebatando, na categoria “Outstanding Achievement in Dance” (realização mais notável em dança), o Laurence Olivier Award 2001 – honraria jamais concedida a um artista ou grupo brasileiro.

Deborah também foi a coreógrafa responsável pela cerimônia de abertura da Copa do Mundo do Brasil, em 2014.

Cão Sem Plumas

“Cão Sem Plumas” é a primeira montagem com temática explicitamente brasileira da Cia Deborah Colker, sendo baseada no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto (1920-1999), publicado em 1950. Acompanha o percurso do rio Capibaribe, que corta boa parte do estado de Pernambuco, mostrando a pobreza da população ribeirinha, o descaso das elites, a vida no mangue.

Bailarina premiada na Rússia com ‘Oscar’ da dança traz 'Cão Sem Plumas' à Capital
(Divulgação)

“O Espetáculo é sobre coisas inconcebíveis, que não deveriam ser permitidas. É contra a ignorância humana, destruir a natureza, as crianças, o que é cheio de vida”, explica Deborah.

Serviço – O Teatro Glauce Rocha fica dentro do campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Os ingressos podem ser adquiridos na livraria Le Parole, localizada na rua Euclides da Cunha, 1126, pelo site www.ativaingressos.com.br ou na bilheteria do espetáculo. A meia entrada vale para idosos, com apresentação de documento, estudantes e professores que apresentarem a carteirinha e doadores de sangue e medula que apresentarem sua carteira de doador. (Com assessoria)


Fale MAIS!

O que você gostaria de ver no MidiaMAIS? Envie sua sugestão para o e-mail [email protected], ou pelos telefones 67 99965-7898/3312-7422.

Siga a gente no Instagram: @midia_mais_ 

Jornal Midiamax