Cantora saiu para andar de bicicleta no domingo e não voltou, diz TMZ

A cantora irlandesa Sinéad O’Connor, de 49 anos, está desaparecida, e a polícia tem razões para acreditar que ela cometeu suicídio, afirma o site americano TMZ.

Segundo o TMZ, a cantora saiu para andar de bicicleta neste domingo (15) no subúrbio de Wilmette, em Chicago, e não foi vista desde então. Os policiais foram chamados desde que ela não voltou do passeio e estão à sua procura.

A cantora foi classificada como “suicida desaparecida” pelo alerta dos policiais. Ela foi vista pela última vez em uma bicicleta Raleigh motorizada com uma cesta rosa.

O último post de Sinéad em sua página no Facebook foi destinado a seu filho mais velho, Jake, de 28 anos. A publicação é deste domingo (15). “Jake, por favor vá ao tribunal na próxima terça-feira para assumir a custódia de seu irmão”, escreveu ela.

“Na verdade, é melhor você trazer um advogado de sua preferência. E não abandone o seu irmão ou qualquer outro dos meus bebês novamente. O que você tem feito para o seu irmão e sua mãe é literalmente criminal”, completou a cantora.

Em novembro e dezembro do ano passado, a cantora publicou mensagens em seu perfil no Facebook ameaçando se matar.

Famosa por suas opiniões veementes sobre vários temas, como os direitos da mulher e os abusos cometidos por integrantes da Igreja Católica, Sinéad O’Connor já falou diversas vezes em público sobre sua luta contra a depressão.

Ela foi aclamada pela crítica em seu primeiro álbum, “The lion and the cobra” (1987), e ganhou fama mundial com a canção “Nothing compares 2 U”, uma composição de Prince.