MidiaMAIS

Para divulgar suas canções, ele mesmo filma, edita e cria vídeos musicais

Cantor Diego Maderal fala sobre produções

Daiane Libero Publicado em 27/06/2016, às 12h09

None
13493304_1036585013057684_318189345_o.jpg

Cantor Diego Maderal fala sobre produções

O cantor e instrumentista Diego Maderal está na cena musical do Mato Grosso do Sul há alguns anos, sempre compondo e tocando. Mas quando ele passou por um problema é que veio a ideia de divulgar suas canções através de outro formato: o vídeo online. "Em 2014, quando tive um problema nas cordas vocais, fiquei em casa parado. Então fiz vídeos instrumentais para colocar no Youtube. Depois que meu problema passou comecei a filmar cantando também, sempre postando algo aqui ou ali", relata o músico. 

Alguns dos vídeos de Diego já chegaram 27 mil visualizações. "Quando passei a cantar nos vídeos, o primeiro vídeo, uma versão de 'Wish You Were Here' (do Pink Floyd), deu 10 mil views logo na primeira música, nesse formato mais acústico. Então continuei, tentei profissionalizar mais o vídeo", afirma ele. Nesse caminho, ele começou a aprender a editar o vídeo e o áudio, criando não só o conteúdo como também o formato. "Fui seguindo até que recebi um convite para tocar em São Paulo, gravei lá 'Mulher de Fases' (dos Raimundos). Depois dessa primeira leva, soltei agora 'Another Brick in the Wall' (também do Pink Floyd)", conta. Ainda segundo o músico, a música teve 5 mil views em 24 horas, ao postar o vídeo no Facebook. 

Outra curiosidade dos vídeos de Diego é que ele faz tudo sozinho, também na parte da estrutura musical. "Uso um equipamento que chama-se 'loop', em que gravo uma batida de percussão no proprio violão, gravo, aí fica repetindo. Gravo o contrabaixo com o próprio violao, aí vira uma base. Posso solar por cima, fazer segunda voz, tudo ao vivo, para ter essa impressão de que tem uma banda tocando. Mas todos os sons saem do violão ao vivo", descreve o artista. Ele leva, em média, três horas para conseguir criar um dos vídeos. Confira abaixo o trabalho de Diego ou clicando aqui

Jornal Midiamax