Presidenciáveis arrecadam R$ 22 mi em doações; Dilma lidera

Os três principais candidatos à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), monopolizam as doações feitas aos presidenciáveis, de acordo com a primeira prestação de contas da campanha, divulgada nesta quarta-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral. Até agora, os 11 candidatos receberam pouco mais de R$ 22 milhões, sendo que […]
| 07/08/2014
- 18:46
Presidenciáveis arrecadam R$ 22 mi em doações; Dilma lidera

Os três principais candidatos à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), monopolizam as doações feitas aos presidenciáveis, de acordo com a primeira prestação de contas da campanha, divulgada nesta quarta-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral. Até agora, os 11 candidatos receberam pouco mais de R$ 22 milhões, sendo que praticamente todo o valor se concentrou nos três primeiros candidatos.

Entre eles, a presidente Dilma Rousseff, que disputa a reeleição, lidera as doações com R$ 9,6 milhões recolhidos. Porém, neste início de campanha, a sua candidatura teve apenas R$ 86,3 mil de gastos. O seu adversário Aécio Neves totalizou R$ 8,1 milhões neste início de campanha e já consumiu praticamente todo o valor em despesas, que somam R$ 7,3 milhões. Em terceiro está Eduardo Campos, que recebeu R$ 4 milhões, mesmo valor das suas despesas.

Entre os candidatos com menor expressão, Luciana Genro (Psol) aparece com o maior volume de recursos arrecadados, R$ 96,6 mil. Há ainda alguns candidatos que não informaram o recebimento ou o pagamento de qualquer despesa, como é o caso de Eduardo Jorge (PV) e Rui Pimenta (PCO). Já o candidato do PSC, Pastor Everaldo informou já está com as contas negativas. A sua campanha diz não ter recebido recursos, enquanto as despesas já atingem R$ 206 mil. O candidato Eymael (PSDC) também gastou mais do arrecadou nesta prestação parcial de contas. Ele informou o recebimento de R$ 15 mil, enquanto os gastos já atingiram R$ 35,1 mil.

CANDIDATO

ARRECADAÇÃO 

DESPESAS
Aécio Neves (PSDB) R$ 8,1 milhões R$ 7,3 milhões
Dilma Rousseff (PT) R$ 9,6 milhões R$ 86,3 mil
Eduardo Campos (PSB)  R$ 4 milhões R$ 4 milhões 
Eduardo Jorge (PV) R$ 0,00 R$ 0,00
Pastor Everaldo (PSC) R$ 0,00 R$ 206 mil
Eymael (PSDC) R$ 15 mil R$ 35,1 mil
Levy Fidelix (PRTB) R$ 31,2 mil R$ 28,6 mil
Zé Maria (PSTU) R$ 38,3 mil R$ 46,2 mil
Luciana Genro (Psol)  R$ 96,6 mil R$ 93,7 mil  
Mauro Iasi (PCB) R$ 16,6 mil R$ 64,40 
Rui Pimenta (PCO) R$ 0,00 R$ 0,00
Fonte: TSE    

Últimas notícias