Geral

Por roubar corrente de ouro, mulher confessa ter matado marido a facadas por vingança

A polícia prendeu ontem (13) Ilana Ramos de Oliveira, 22 anos, por matar o marido com duas facadas no bairro Tarumã, em Campo Grande. A mulher confessou que matou o jardineiro Bruno de Azevedo, 28 anos, porque ele era usuário de drogas e estava a roubando. Ilana confessou que matou o marido porque estava brava […]

Arquivo Publicado em 14/04/2014, às 10h15

None

A polícia prendeu ontem (13) Ilana Ramos de Oliveira, 22 anos, por matar o marido com duas facadas no bairro Tarumã, em Campo Grande.


A mulher confessou que matou o jardineiro Bruno de Azevedo, 28 anos, porque ele era usuário de drogas e estava a roubando. Ilana confessou que matou o marido porque estava brava com ele por estar usando drogas.


Ela contou aos policiais que a gota d’água foi quando ele roubou uma corrente de ouro dela, que foi presente de 15 anos da mãe, e ao questioná-lo explicou que pegou para comprar droga. No momento de raiva desferiu dois golpes de faca que acertou o braço e o peito dele.


Ela foi presa em flagrante e encaminhada à 4ª DP (Delegacia de Polícia) da Capital.


O crime


O jardineiro Bruno de Azevedo, de 28 anos, foi encontrado ferido na tarde deste domingo (13), na parte externa de sua casa e acabou morrendo. A mulher chegou a dizer à polícia que o marido era usuário d edrogas e que alguém poderia ter matado Bruno por conta disso.


Jornal Midiamax