Geral

Pesquisa revela equilíbrio e mostra protagonismo de Tatiana, diz Delcídio

O senador e pré-candidato ao governo do Estado, Delcídio do Amaral (PT), avaliou as pesquisas recentes divulgadas pelo Midiamax no último dia 25 e considerou que os números trazem um quadro de equilíbrio. Delcídio afirmou nessa sexta-feira (30) que o levantamento não traz grandes surpresas. A pesquisa realizada pela Datamax ouviu 800 eleitores campo-grandenses entre […]

Arquivo Publicado em 31/05/2014, às 18h20

None
1070358054.jpg

O senador e pré-candidato ao governo do Estado, Delcídio do Amaral (PT), avaliou as pesquisas recentes divulgadas pelo Midiamax no último dia 25 e considerou que os números trazem um quadro de equilíbrio. Delcídio afirmou nessa sexta-feira (30) que o levantamento não traz grandes surpresas.

A pesquisa realizada pela Datamax ouviu 800 eleitores campo-grandenses entre os dias 14 e 19 de maio. Na estimulada foram oferecidos ao eleitor quatro nomes como candidatos ao governo do Estado, entre eles, o ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB), o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), a advogada e professora universitária Tatiana Ujacow (PSB-Rede), e o senador petista.

Na pesquisa estimulada Nelsinho lidera com 34,1% das intenções de voto, em seguida, Delcídio do Amaral com 27,3%. Já o deputado tucano ocupa o terceiro lugar com 22,8% e Tatiana registra 5,1%. Não souberam responder ou indecisos somara 6,6%, enquanto 4,1% disseram que não votam em nenhum dos candidatos apresentados ou anulam o voto.

O senador lidera na pesquisa espontânea com 15,30%. Em segundo, Nelsinho Trad com 13,5%, enquanto que Azambuja tem 7,2% de intenção de votos. Entretanto, 57,5% dos eleitores ainda não sabem em quem vai votar.

Delcídio afirmou que tem outros dados, mas a pesquisa não deixa de agregar nas avaliações que o partido tem feito. “O que importa é o protagonismo da Tatiana. Mostrou que ela tem aceitação, é uma mulher competente que representa a Rede e que terá um papel importante na construção de um Estado popular, cidadão e de todos”, ressaltou o parlamentar.

Jornal Midiamax