Geral

Médico do COB diz que estado de Lais é gravíssimo e fala em nova cirurgia

A esquiadora brasileira Lais Souza, que sofreu um grave acidente durante a preparação para a Olimpíada de Inverno, está em estado gravíssimo. É o que afirma o médico do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Antônio Marttos, que está cuidando do caso no Hospital da Universidade de Utah, nos EUA. “Estado dela é gravíssimo, mas está estável”, […]

Arquivo Publicado em 29/01/2014, às 16h10

None

A esquiadora brasileira Lais Souza, que sofreu um grave acidente durante a preparação para a Olimpíada de Inverno, está em estado gravíssimo. É o que afirma o médico do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Antônio Marttos, que está cuidando do caso no Hospital da Universidade de Utah, nos EUA.

“Estado dela é gravíssimo, mas está estável”, disse o médico em entrevista ao Sportv. “As vértebras se luxaram e a medula ficou e foi comprimida. O tratamento para isso foi, cirurgicamente, colocar a vértebra no local. Ela está na terapia intensiva, sob cuidados médicos. Ela está tranquila e consciente do que está acontecendo. ela se comunica e entende o que está falando”, emendou.

Marttos ainda afirmou que uma nova cirurgia será necessária. “Possivelmente necessitará de outros procedimentos cirúrgicos para ser proativo e prevenir outros problemas, como traqueostomia para prevenir uma infecção pulmonar, um tubo pra alimentação direto para o estômago para evitar sinusite”, declarou.

Segundo o médico, Lais teve afetada a terceira vértebra na queda, que se deslocou durante a queda do restante da coluna cervical. Neste momento, ela precisa de ajuda de aparelhos para respirar e não consegue mexer os braços e as pernas, de acordo com boletim médico divulgado pelo hospital.

O acidente de Lais ocorreu na última segunda-feira, em Salt Lake City (Estados Unidos), onde treinava para representar o Brasil no esqui aerials dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi-2014. A sua presença na competição já foi descartada.

Lais usava capacete e sofreu um deslocamento na coluna vertebral. Ela esquiava com o técnico canadense Ryan Snow.

Josi Santos, parceira de treinos de Lais e que estava com a ex-ginasta na hora do acidente, pediu a torcida do povo brasileiro. “Só quero que todos orem e mandem boas energias para a cirurgia de hoje. O médico do Brasil me deu boas esperanças, e são nelas que vou me agarrar com todas minhas forças”. Logo depois, por volta das 13h (horário de Brasília), pelo Facebook, afirmou que Lais mexeu um braço. “Deus do Céu. Ela mexeu o braço, Jesus, te amo mais do que tudo. Gente, tá forte essa corrente. Muito feliz, muito feliz. Continuem amigos, continuem”.

Jornal Midiamax