Geral

Governo de MS acresce valor de contratos com construtora em R$ 15,2 milhões

O governo de Mato Grosso do Sul vai pagar R$ 15.207.681,21 além do valor contratado para a Construtora Sanches Tripoloni para a pavimentação da MS-112, no trecho do anel rodoviário de Inocência a Cassilândia, conforme extratos publicados hoje (24) no Diário Oficial. Com esses acréscimos, a construtora vai receber R$ 113,691 milhões por 85,95 quilômetros […]

Arquivo Publicado em 24/01/2014, às 12h43

None

O governo de Mato Grosso do Sul vai pagar R$ 15.207.681,21 além do valor contratado para a Construtora Sanches Tripoloni para a pavimentação da MS-112, no trecho do anel rodoviário de Inocência a Cassilândia, conforme extratos publicados hoje (24) no Diário Oficial. Com esses acréscimos, a construtora vai receber R$ 113,691 milhões por 85,95 quilômetros de rodovia.

São três termos aditivos nos valores de R$ 5,7 milhões, R$ 4,5 milhões e R$ 4,9 milhões, publicados no mês em que vence o contrato da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) com a empresa.

O primeiro acréscimo é no contrato de R$ 34,998 milhões para trecho de 27,85 quilômetros. Os outros são referentes aos trechos de 29,2 quilômetros e de 28,8 quilômetros nos valores, respectivamente, de R$ 30,086 milhões e R$ 33,399 milhões.

Esses contratos foram assinados em 5 de abril de 2013 e o prazo para a conclusão da obra era de 270 dias (nove meses).

O Diário Oficial do Estado não traz nenhuma justificativa para o acréscimo no gasto. O Midiamax tentou falar com a assessoria de imprensa da Agesul, mas a informação é de que ela está de férias. A assessoria de imprensa do Governo do Estado também foi procurada, mas ainda não se pronunciou sobre o caso.

Jornal Midiamax