Geral

Filmes “Desafio de Viola” e “Enterro” estreiam na Concha Acústica com entrada franca

Produzidos com o patrocínio do Fundo de Investimentos Culturais do governo do Estado, os filmes “Desafio de Viola” e “Enterro” estreiam neste domingo (23), às 19 horas, na Concha Acústica Helena Meireles, no Parque das Nações Indígenas. A entrada é gratuita e a classificação livre. Os filmes de média metragem fazem parte da série Lendas […]

Arquivo Publicado em 20/03/2014, às 17h58

None

Produzidos com o patrocínio do Fundo de Investimentos Culturais do governo do Estado, os filmes “Desafio de Viola” e “Enterro” estreiam neste domingo (23), às 19 horas, na Concha Acústica Helena Meireles, no Parque das Nações Indígenas. A entrada é gratuita e a classificação livre.

Os filmes de média metragem fazem parte da série Lendas Pantaneiras, da produtora Render Brasil e contam com a participação especial de músicos consagrados de Mato Grosso do Sul, como Marcelo Loureiro (Desafio de Viola) e Paulo Simões (Enterro). Eles farão apresentações especiais com a presença de Jorge Alarcom (Harpa) e Yan Braga. Será uma noite de cinema e música com telão de LED e muitas surpresas.

O filme “Enterro” mostra três amigos inseparáveis: Joel, Irineu e Carlão, interpretados pelos atores Stepheen Abrego, Marcos Moura e Espedito Di Montebranco. Eles partem em busca de um tesouro antigo desafiando perigos sobrenaturais. Na busca desesperada por riqueza acabam encontrando e ignorando o anjo “Abequá”, interpretado pelo diretor e ator Fábio Flecha. O ápice da trama acontece quando finalmente enfrentam o demônio Cambarecê, interpretado por Bruno Moser. Tudo acaba por acontecer porque os três amigos ignoram os conselhos do Tio Olímpio, interpretado pelo músico e ator Paulo Simões.

Já “Desafio de Viola” conta a história de Augusto, interpretado por Bruno Moser, que disposto em aprender a tocar viola faz um acordo ingênuo que o faz perder a própria alma para o demônio “Pé Preto”, interpretado por Espedito Di Montebranco. Sua única chance de salvação é contar com a ajuda de um anjo “violeiro”, interpretado pelo músico e ator Marcelo Loureiro. Em um duelo musical entre céu e inferno tudo pode acontecer.

Serviço

A Concha Acústica Helena Meirelles fica no Parque das Nações Indígenas, na rua Antônio Maria Coelho, 6000.

Jornal Midiamax