Geral

Duas crianças morrem afogadas após barranco ceder em Mato Grosso do Sul

Duas crianças indígenas da etnia guarani-kaiowá, de 11 e 5 anos, morreram afogadas na última terça-feira (8) após sofrerem uma queda de um ‘barranco’ em uma lagoa nas margens da rodovia que liga Amambai a Ponta Porã. Com a queda as duas ficaram soterradas e acabaram asfixiadas. De acordo com Giovane Benites, 19 anos, irmão […]

Arquivo Publicado em 10/04/2014, às 12h06

None
1437504867.jpg

Duas crianças indígenas da etnia guarani-kaiowá, de 11 e 5 anos, morreram afogadas na última terça-feira (8) após sofrerem uma queda de um ‘barranco’ em uma lagoa nas margens da rodovia que liga Amambai a Ponta Porã.

Com a queda as duas ficaram soterradas e acabaram asfixiadas. De acordo com Giovane Benites, 19 anos, irmão de uma das vítimas, disse que saíram de casa para tomar banho na lagoa, que fica cerca de 200 metros da casa da família, e que logo começou a chover forte os obrigando a se esconderem embaixo do barranco. Com a intensa chuva, a parte de cima do morro cedeu e caiu em cima das crianças e as esmagou.

Giovane conta que não conseguiu remover a terra que cai sobre os dois e as crianças acabaram morrendo. (Com informações Gazeta News)

Jornal Midiamax