Geral

Após pedir Jadson à diretoria, Mano quer novo atacante no Corinthians

A contratação de Jadson para reforçar o elenco do Corinthians foi um pedido do técnico Mano Menezes, que estava insatisfeito com o rendimento de Alexandre Pato no início da temporada. O atacante segue para o São Paulo por empréstimo, enquanto o meio-campista deixa o Morumbi e chega em definitivo para o time alvinegro, em transação […]

Arquivo Publicado em 06/02/2014, às 11h21

None

A contratação de Jadson para reforçar o elenco do Corinthians foi um pedido do técnico Mano Menezes, que estava insatisfeito com o rendimento de Alexandre Pato no início da temporada. O atacante segue para o São Paulo por empréstimo, enquanto o meio-campista deixa o Morumbi e chega em definitivo para o time alvinegro, em transação selada nesta quarta-feira. O treinador corintiano ainda quer a chegada de um novo nome para o setor ofensivo.

Em reunião com a diretoria recentemente, o treinador foi informado sobre a proposta do São Paulo para ter Pato em troca de Jadson e aprovou. Questionado pela cúpula alvinegra sobre a má fase do meia no rival tricolor, Mano garantiu a recuperação do atleta por já ter trabalhado com ele nos juniores do Inter e na Seleção Brasileira e prometeu colocar dinâmica no time com a chegada de um meia-armador.

“Conheço o Jadson desde os 17 anos, trabalhou comigo junto com o Nilmar no Sub-17 do Inter e vamos ter oportunidade de trabalhar de novo juntos. Dá dinâmica, tem capacidade boa de último passe e estamos precisando disso. Jogador de movimentação intensa, rápida, vivemos um momento em que nossa capacidade de pensar é lida rápido pelo adversário. Precisamos de alternativas, e ele pode nos dar”, projetou o treinador.

Jadson vive mau momento no São Paulo desde a chegada de Muricy Ramalho, que sempre deixou clara sua preferência por Paulo Henrique Ganso no setor de criação do time tricolor. Na reserva e sem perspectivas de retornar ao elenco titular, o atleta pediu à diretoria para ser negociado. Seu contrato, que iria até dezembro de 2014, foi rescindido nesta quarta. Agora, o meia é atleta do Corinthians até o fim de 2015 e será apresentado até sexta-feira.

Pato, por sua vez, nunca viveu bom momento no clube do Parque São Jorge. O jogador começou a entrar em rota de colisão com a torcida após perder gol decisivo contra o Boca Juniors, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, e viu a paciência dos corintianos se esgotar após errar um pênalti contra o Grêmio, pelas quartas da Copa do Brasil. Mano foi contratado também para tentar ajustar o jogador, mas “desistiu” após cinco jogos.

“Um dos pequenos problemas de rendimento que tivemos é que o Pato não se sentia um substituto do Guerrero. Quando o colocamos para fazer a função, saiu muito da área, jogou distante, e criava dificuldade para a equipe jogar”, disse Mano Menezes, que confirmou a busca por um novo atacante.

“Então precisamos de um novo jogador no mercado que possa, com característica diferente, mais velocidade e profundidade, que saiba fazer essa referência que precisa ser feita por um dos atacantes da equipe”, finalizou o comandante. O próximo jogo do Corinthians na temporada é contra o Mogi Mirim no domingo, às 19h30, fora de casa.

Jornal Midiamax