Geral

Pai de Messi terá que depor sobre caso de lavagem de dinheiro

Os responsáveis pela investigação do sistema de lavagem de dinheiro que envolve o narcotráfico colombiano no qual estaria envolvido Jorge Messi, pai de Lionel, anunciou que ele terá que prestar depoimento para explicar sua possível participação. De acordo com o jornal El Mundo, o depoimento deverá ser feito em janeiro, quando Jorge deve voltar à […]

Arquivo Publicado em 18/12/2013, às 13h44

None

Os responsáveis pela investigação do sistema de lavagem de dinheiro que envolve o narcotráfico colombiano no qual estaria envolvido Jorge Messi, pai de Lionel, anunciou que ele terá que prestar depoimento para explicar sua possível participação.


De acordo com o jornal El Mundo, o depoimento deverá ser feito em janeiro, quando Jorge deve voltar à Espanha – no momento, ele está na Argentina para as festas de fim de ano.


É possível que Jorge Messi tenha faturado porcentagens de quantias arrecadadas em amistoso beneficentes com a participação de seu filho e outras estrelas do futebol mundial, como Neymar.


O jornal afirma que nenhuma ONG que deveria ter recebido o dinheiro chegou a ser beneficiada. Em um depoimento no final de novembro, Messi teria dito que nenhum jogador cobrou pela participação nas partidas amistosas.


Já foram presas quatro pessoas suspeitas de envolvimento no esquema e outras doze foram notificadas. Uma conta bancária com 500 mil euros foi bloqueada.


Jorge Messi seria o intermediário que garantia a participação de Messi e outras estrelas em jogos com esse objetivo – para isso, ganharia uma porcentagem do dinheiro produzido pelo evento, entre 10% e 20% do total.

Jornal Midiamax