Geral

Com preços entre R$ 15 e R$ 500, confira biquínis para o verão na praia, piscina ou balneário

Chegou a época mais esperada do ano: o verão. Com ele, muita gente se prepara para viajar, curtir uma praia ou ficar em MS mesmo curtindo uma piscina ou os balneários. Mas, apesar de toda a expectativa nem tudo são flores. Na hora de escolher o biquíni ou o maiô para levar na mala as […]

Arquivo Publicado em 19/12/2013, às 18h51

None
519019882.jpg

Chegou a época mais esperada do ano: o verão. Com ele, muita gente se prepara para viajar, curtir uma praia ou ficar em MS mesmo curtindo uma piscina ou os balneários. Mas, apesar de toda a expectativa nem tudo são flores. Na hora de escolher o biquíni ou o maiô para levar na mala as mulheres quase enlouquecem com tantas dúvidas.

Por mais fácil que possa parecer, a tarefa não é tão simples assim. A escolha certa do modelo faz toda a diferença, disfarça imperfeições e deixa o look praia muito melhor.

Pensando nisso, o Midiamax selecionou uma série de modelos que vai deixar as mulheres lindas e realçar todos os corpinhos. De mignon a violão não tem quem não vai acertar no modelo com as dicas que separamos para vocês.

A primeira coisa a se levar em consideração, explica a empreendedora de moda Clarissa de Faria, é o formato do corpo da mulher. Para cada silhueta tem um modelo especifico que vai ajudar a realçar o que você tem de melhor e disfarçar o que não é legal.

O famoso corpo violão, também conhecido como ampulheta é privilegiado. Qualquer modelo cai bem. A exceção é os com calcinhas largas demais. O modelo animal print, que é super tendência deste verão com calcinha de tira mais fina evidencia as curvas. “O único cuidado é para gordurinhas sobrando”, explica Clarissa. “A parte de cima, estilo sutiã, dá sustentação e realça os seios”, enfatiza.

Já quem tem o corpo no formato pera precisa disfarçar o volume do quadril, característico desse tipo de silhueta. A dica é usar calcinhas mais escuras e com laterais mais largas. “O modelo de cortininha com bojo ajuda aumentar o seio. Já a calcinha larga na lateral, bem retrô, disfarça o tamanho do quadril”, ensina. Quem quiser dar uma aparência ainda menor, dispense a estampa geométrica e escolha uma peça de cor única embaixo.

Para quem tem corpo retângulo, Clarissa lembra que os biquínis têm que criar uma ilusão de curvas. “Os babados e lacinhos ajudam nessa tarefa. O modelo em Poá de tomara que caia com alça removível e bojo, com calcinha de tirinha de babados é a escolha perfeita para este corpo”, diz. O maiô engana-mamãe preto também pode ser usado tranquilamente.

As mulheres com corpo oval precisam de atenção redobrada. Como, geralmente, a silhueta é para quem está acima do peso a barriga saliente e os seios fartos são características marcantes. “O modelo em lurex com parte de cima com bojo e fechado na lateral e calcinha larga ajudam a disfarçar o que não deve ser mostrado”, aponta. O tecido brilhoso segue tendência desde o ano passado quando virou febre em calça, blusas e detalhes em camisas.

Já quem tem o corpo de triângulo invertido, ou seja, ombros mais largos do que o restante do corpo, deve priorizar modelos sem alças e tomara que caia. O modelo neon também é tendência de verão. O maiô tomara que caia em listras PB com arabescos também veste bem o corpo dessa mulher. “Essa peça pode, inclusive, vestir as mais cheinhas, desde que tenham cintura marcada por causa das listras”, ensina Clarissa.

Dicas de quem entende – Ela finaliza pontuando algumas dicas para disfarçar aquele pequeno ‘defeitinho’. Quem tem seios pequenos deve usar sutiãs com cores claras e chamativas ou com volume e relevo.

Já para coxas grossas, as calcinhas devem ter tamanho intermediário, nem muito pequenas ou grandes. Listras e desenhos verticais ajudam a diminuir o volume do corpo.

Na hora de esconder o pneuzinho ou a barriguinha saliente, abuse das calcinhas de cintura alta ou dos maiôs. Deixe o visual moderno com as cores da moda e estampas.

Bumbum grande? Modelos com tamanho médio, cores escuras e laterais largas são boas opções. Também vale destacar a parte superior com estampas chamativas.

Já se o seio for o problema, fuja do tomara que caia e cortininhas, preferindo os modelos com mais sustentação. São recomendados sutiãs com bojo (sem enchimento), alças largas e estampas discretas. Chame a atenção para a calcinha.

Se o bumbum for pequeno opte por calcinhas menores e com lacinhos largos nas laterais. Está liberado estampas e cores claras para valorizar a região.

De R$ 15 a R$ 500

Para escolher o biquíni perfeito, as mulheres vão gastar R$ 15,00 em uma peça simples, com calcinha de tira fina e parte de cima cortinha no Camelôdromo, a R$ 469 no maiô de listras PB com arabescos bordados em loja especializada no shopping.

Nas lojas de departamento, os modelos não variam muito em relação às especializadas, a diferença está nas estampas exclusivas e na quantidade de peças que a boutique traz. Enquanto que na especializada a peça é praticamente única, na loja de departamento cada uma tem pelo menos umas 20 iguais.

Os preços nas lojas de departamento vão de R$ 35 a calcinha a R$ 130 os maiôs. No geral, as peças são vendidas separadas então a mulher vai gastar em média R$ 90 em uma peça completa. Metade do preço da boutique.

Jornal Midiamax