Geral

Após 3 anos de reforma agrária parada, Incra-MS entrega assentamento a 171 famílias

Na próxima sexta-feira (20) o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra-MS) vai entregar um novo assentamento para o Estado, após a desapropriação da Fazenda Narazé, em Sidrolândia, a 70Km de Campo Grande. O local vai assentar 171 famílias. A reforma agrária no Estado estava parada há três anos, após a Operação Tellus, deflagrada […]

Arquivo Publicado em 17/12/2013, às 19h57

None

Na próxima sexta-feira (20) o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra-MS) vai entregar um novo assentamento para o Estado, após a desapropriação da Fazenda Narazé, em Sidrolândia, a 70Km de Campo Grande. O local vai assentar 171 famílias.

A reforma agrária no Estado estava parada há três anos, após a Operação Tellus, deflagrada pela Polícia Federal em agosto de 2010 que desmantelou grupos de estelionatários que fraudavam o processo no Estado. Apenas este ano a justiça liberou as desapropriações.

Segundo o Movimento Sem Terra, o ato de entrega ocorrerá às 9h30 na sede da fazenda e vai beneficiar famílias de outros movimentos pela terra também, como membros da CUT Rural, que estão acampados na margem da BR 163 há quatro anos.

A Fazenda Nazaré fica no KM 397 da BR 163 e pertencia ao ex-secretário de Governo de Wilson Barbosa Martins, Plínio Rocha. Ela foi considerada improdutiva e foi usada devido ao interesse social. Plínio recebeu uma indenização de R$ 16,4 milhões e não recorreu da decisão.

Jornal Midiamax