Geral

Siufi diz que campanha está difícil e se queixa das regras eleitorais

Dizendo ser contraditório o modo como a campanha eleitoral está sendo conduzida nestas eleições, o presidente da Câmara Municipal, vereador Paulo Siufi (PMDB), reclamou de algumas “incoerências” nas regras eleitorais. Ele também criticou a “fortuna” gasta nas campanhas. Siufi afirmou ser incompreensível a atitude do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de coibir propaganda em estab...

Arquivo Publicado em 04/09/2012, às 17h15

None
19793738.jpg

Dizendo ser contraditório o modo como a campanha eleitoral está sendo conduzida nestas eleições, o presidente da Câmara Municipal, vereador Paulo Siufi (PMDB), reclamou de algumas “incoerências” nas regras eleitorais. Ele também criticou a “fortuna” gasta nas campanhas.


Siufi afirmou ser incompreensível a atitude do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de coibir propaganda em estabelecimentos comerciais e de autorizar publicidade em áreas públicas. “Um amigo colocou uma placa minha no lava-jato dele e o TRE mandou tirar. Como pode isso?”, questionou. “Local particular não pode, mas nos locais públicos como os canteiros pode?”, indagou.


Outra questão levantada pelo presidente da Casa de Leis é a colocação de placas e cavaletes no Centro da Capital, sendo que a região está passando pelo “Reviva Centro”, ação que consiste no embelezamento da região central. “É muita coisa que não entendo. Não concordo com essas proibições incoerentes”, opinou.


Outra fator considerado errado por Siufi, é a permissão de propaganda paga em jornal e ao mesmo tempo proibir a colocação de santinho avulso dentro dos jornais.


O candidato à reeleição também não concorda com a fortuna que os partidos e candidatos gastam com a campanha. “Isso deve mudar. Alguns se beneficiam com a ostentação, enquanto outros têm que suar muito, gastar sola de sapato para se promoverem”, avaliou.


O presidente acredita que se a campanha mudasse e não fosse baseada no dinheiro, os candidatos teriam chances mais igualitárias e crimes, como o sufrágio de votos acabaria. “Campanha de dinheiro tá errada. Em minha opinião o certo seria basear a disputa na realização de debates entre os candidatos”, avaliou Siufi. “Essa campanha tá difícil”, desabafou.

Jornal Midiamax