Geral

PRF pede atenção dos motoristas para evitar colisões frontais

Com o movimento intenso nas estradas federais e estaduais neste fim de ano, autoridades pedem atenção redobrada com as ultrapassagens. Do final de semana até o Natal (25), 12 pessoas morreram em colisões frontais de veículos somente no estado do Rio. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal, que faz operação especial até quarta-feira (2). […]

Arquivo Publicado em 27/12/2012, às 19h03

None

Com o movimento intenso nas estradas federais e estaduais neste fim de ano, autoridades pedem atenção redobrada com as ultrapassagens. Do final de semana até o Natal (25), 12 pessoas morreram em colisões frontais de veículos somente no estado do Rio. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal, que faz operação especial até quarta-feira (2).



De acordo com a inspetora Marisa Dreys, as estradas mais perigosas são as que ainda não tiveram faixas duplicadas ou canteiros de divisão implantados para estruturar as vias de mão única. Entre elas, trechos da BR-101 Norte, da BR-101 Sul, na altura do município de Paraty, além da rodovia BR-393, que liga as cidades de Paraíba do Sul e Barra do Piraí, no interior do estado do Rio.



Para que motoristas e passageiros não corram riscos, a inspetora dá orientações para uma ultrapassagem segura. “O primeiro passo é verificar se é permitida a ultrapassagem no local. Depois, atentar para questões de segurança, vendo se a situação do trânsito permite a ultrapassagem naquele momento e se o motorista está seguro, tem confiança para fazer a manobra”, sugeriu Marisa.



A inspetora da Polícia Rodoviária também pede para que nenhuma pessoa no veículo pressione o motorista a tomar decisões “pouco cautelosas”. Ela lembrou, por exemplo, que “é de mais de R$ 500” a multa por trafegar pelo acostamento. “Colaborem com o motorista”, sugeriu.



Responsável pelo policiamento nas estradas estaduais fluminenses, o tenente-coronel Oderlei Santos, do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) da Polícia Militar do Rio de Janeiro, disse que o movimento na região metropolitana deve permanecer intenso ao longo do dia, principalmente em direção à Região dos Lagos, com congestionamentos na Ponte Rio-Niterói e na Rodovia Niterói-Manilha.



Para evitar acidentes, pede para que os motoristas não ultrapassem os limites de velocidade e não façam ingestão de bebida alcoólica antes de dirigir. “Vamos intensificar a fiscalização com radares móveis e com relação ao uso de álcool na direção”, disse o tenente-coronel.



Cerca de 700 policiais fazem o patrulhamento nas estradas, inclusive retirando animais das pistas. No Natal, 29 animais, entre cavalos, vacas e cachorros, foram apreendidos.


Jornal Midiamax