Geral

Prefeito de Nova York estende racionamento de gasolina

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, anunciou neste domingo uma extensão do racionamento de gasolina na cidade após a passagem do furacão “Sandy”, já que quase um terço dos postos de gasolina ainda permanecem fechados. O racionamento de gasolina começou em 9 de novembro e ajudou a reduzir as espera nos postos de gasolina, […]

Arquivo Publicado em 18/11/2012, às 21h23

None

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, anunciou neste domingo uma extensão do racionamento de gasolina na cidade após a passagem do furacão “Sandy”, já que quase um terço dos postos de gasolina ainda permanecem fechados.

O racionamento de gasolina começou em 9 de novembro e ajudou a reduzir as espera nos postos de gasolina, apontou o prefeito, mas com a chegada das férias de Ação de Graças, que começam na próxima quinta-feira, aumentará a demanda.

Em consequência, Bloomberg estendeu o racionamento até a próxima sexta-feira, para não correr o risco de voltar às intermináveis filas nos postos de gasolina.

Para isso, foi implementado que os veículos com placas que terminem em números ímpar abasteçam em dias ímpares, e as placas terminadas em números em par, que abasteçam em dias pares.

“O sistema de licenças das placas par-ímpar funcionou bem e ajudou a reduzir os tempos de espera e as filas nos postos de gasolina”, disse Bloomberg em comunicado.

Uma medida similar foi imposta no estado de Nova Jersey, assim como em Long Island, mas em ambos os casos já foi suspensa.

Apesar da medida ter causado queixas em Nova York, muitos motoristas comprovaram que os engarrafamentos tinham diminuído.

O racionamento de gasolina foi anunciado em 8 de novembro, por Bloomberg e pelo governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, depois da lenta melhora do abastecimento de gasolina após os problemas causados pelo furacão “Sandy”.

Jornal Midiamax