Geral

Mais de R$ 300 mil são transferidos sem autorização da conta de empresa

Uma empresa localizada na cidade de Corumbá foi vítima de estelionato caracterizado por furto bancário. Foram transferidos sem autorização R$ 322 mil em seis transações. O golpe só foi descoberto porque o gerente do banco ligou para o gerente da empresa questionando sobre seis transferências bancárias como os seguintes valores: R$ 20 mil, R$ 25 […]

Arquivo Publicado em 29/11/2012, às 20h15

None

Uma empresa localizada na cidade de Corumbá foi vítima de estelionato caracterizado por furto bancário. Foram transferidos sem autorização R$ 322 mil em seis transações.

O golpe só foi descoberto porque o gerente do banco ligou para o gerente da empresa questionando sobre seis transferências bancárias como os seguintes valores: R$ 20 mil, R$ 25 mil, R$ 26 mil, R$ 31 mil, duas de R$ 50 mil e duas de R$ 60 mil, que totalizam R$ 322 mil.

Conforme levantamento do banco, os beneficiados com as transações foram Tarcisio Rafael reis Bach e Jarissa Jesus dos S. Calonge.

Como ninguém da empresa autorizou as transações, um boletim de ocorrência foi registrado como furto qualificado com abuso de confiança.

Jornal Midiamax