Geral

Juventus arrasa Roma e abre três pontos do Milan no Italiano

A Juventus não tomou conhecimento da Roma e venceu por 4 a 0, em casa, neste domingo, se consolidando na liderança do Campeonato Italiano, após tropeço do Milan, que apenas empatou em casa contra o Bologna. O time de Turim começou a partida de forma avassaladora e abriu 2 a 0 no placar em oito […]

Arquivo Publicado em 22/04/2012, às 21h05

None

A Juventus não tomou conhecimento da Roma e venceu por 4 a 0, em casa, neste domingo, se consolidando na liderança do Campeonato Italiano, após tropeço do Milan, que apenas empatou em casa contra o Bologna.


O time de Turim começou a partida de forma avassaladora e abriu 2 a 0 no placar em oito minutos de jogo, com dois gols do chileno Arturo Vidal. O início dava tranquilidade, já que a equipe entrava em campo ciente do mau resultado do rival na busca pelo título italiano.


O Roma já mostrava dificuldades para reagir e sua situação ficou ainda pior aos 27 minutos, quando o goleiro Stekelenburg foi expulso ao derrubar Marchisio. O reserva Curci entrou na vaga do atacante Borini e logo no primeiro lance pegou pênalti cobrado por Pirlo, mas no rebote o meia acabou colocando a bola para o fundo da rede.


A segunda etapa seguiu com domínio da ‘Vecchia Signora’, que chegava como queria ao ataque. Logo aos sete minutos, Marchisio marcou ao chutar de fora da área, fechando o placar em 4 a 0, só restando a equipe esperar o fim do jogo.


A Juventus lidera o Italiano com 71 pontos, três a mais que o Milan, que só conseguiu chegar aos 68 pontos com um gol nos acréscimos que garantiu o 1 a 1 contra o Bologna.


O gol do Bologna saiu aos 26 minutos, com o uruguaio Gastón Ramírez, após falha do volante holandês Mark Van Bommel. Longe de repetir as melhores atuações que teve no Italiano, o Milan cresceu com a entrada de Antonio Cassano, aos 10 do segundo tempo.


Quatro minutos depois o atacante serviu Ibrahimovic que marcou, mas o gol acabou anulado por impedimento do sueco. Aos 37, para piorar a situação do time de Milão, Bonera foi expulso. Por sorte, nos descontos da segunda etapa, a pressão surtiu efeito e Ibra balançou as redes para empatar. Robinho ainda teve chance deixar o seu, mas não conseguir marcar o 2 a 1 para o Milan.


Outro resultado importante deste domingo foi o empate entre Lazio e Lecce por 1 a 1 – com gol do brasileiro Matuzalém para o time celeste – no Estádio Olímpico, que manteve a vantagem da equipe de Roma em três pontos para a Udinese, na briga pela terceira colocação, que dá a última vaga italiana na Liga dos Campeões.


Com o resultado a Lazio chegou a 55 pontos, três a mais que a Udinese, que no sábado empatou por 0 a 0 com o Chievo. Também no sábado, o Napoli já havia vencido o Novara por 2 a 0 e atingindo os 51 pontos ganhos.


Quem ainda sonhava com a vaga na principal competição de clubes da Europa era a Inter. Contudo, o time de Milão se complicou na disputa após empatar por 0 a 0 contra a Fiorentina, fora de casa. O time dos brasileiros Julio César, Maicon e Lúcio ficou com apenas 49 pontos, na sétima posição, fora da zona da Liga Europa, inclusive.


O destaque da partida foi o brasileiro Julio César, que cometeu e defendeu um pênalti aos 34 do segundo tempo. Após derrubar Lazzari na área, o goleiro pegou a cobrança de Ljajic.


Ainda neste domingo, Cesena e Palermo empataram em 2 a 2, e o Siena goleou fora de casa o Genoa, por 4 a 1, em confronto marcado por tumulto causado pelos ‘ultras’ genoveses, que soltaram rojões em direção ao campo de jogo, além de terem invadido o gramado para obrigar os jogadores da equipe a tirarem a camisa. EFE.

Jornal Midiamax