Geral

Inter faz nova consulta por Rafael Moura, mas esbarra em pedida do Fluminense

A desistência do Santos no negócio por Rafael Moura abriu o caminho para o Internacional retomar os contatos. Ainda interessado no centroavante, o clube gaúcho esbarrou em uma nova postura do Fluminense para negociar o jogador: nada de empréstimo, só saída em definitivo. E por um preço acima daquilo que o Colorado pretender pagar. Nas […]

Arquivo Publicado em 31/07/2012, às 23h16

None

A desistência do Santos no negócio por Rafael Moura abriu o caminho para o Internacional retomar os contatos. Ainda interessado no centroavante, o clube gaúcho esbarrou em uma nova postura do Fluminense para negociar o jogador: nada de empréstimo, só saída em definitivo. E por um preço acima daquilo que o Colorado pretender pagar.


Nas palavras da cúpula vermelha, o clube carioca pede 3 milhões de euros pelo atacante de 29 anos. Quantia totalmente fora de cogitação no estádio Beira-Rio.


“O Fluminense não quer mais emprestar o Rafael, só aceita vender. Repassar em definitivo. E assim, desistimos do negócio temporariamente”, disse o vice de futebol do Inter Luciano Davi. Do lado carioca, silêncio sobre o caso. “Não existe uma definição sobre o futuro do jogador. Então não vamos nos manifestar”, afirmou o diretor de futebol do Fluminense Rodrigo Caetano.


O mesmo dirigente vermelho foi quem escancarou um acerto entre Fluminense, Santos e Rafael Moura há pouco mais de uma semana. Logo depois do jogo do Inter com o Atlético-GO, Davi relatou que o atacante tinha acertado com o time paulista por empréstimo.


Ainda assim, o Internacional pode tentar a aquisição de parte dos direitos de Rafael Moura. Desta forma, poderia facilitar um empréstimo até o final da temporada. Com uma nova negociação pelo jogador já definida antes do início de 2013.


Rafael Moura pode ser a solução do atual momento do Inter. Sem Damião, na seleção brasileira, e Dagoberto lesionado, o Colorado padece da falta de atacantes. Diego Forlán estreou no último sábado ao lado de Jajá, improvisado no setor ofensivo.


Jornal Midiamax