Geral

Homem é condenado a mais de 5 anos por crime ambiental de pássaros

Após acusação de vários crimes no meio ambiente, Marco Antonio Alves Plácido, proveniente da cidade de Guarulhos (SP), foi condenado na segunda-feira (15), pela Juíza de Direito da 1ª Vara da Comarca de Ivinhema Drª. Cristiane Biberg, autos n. 0001964-70.2009.8.12.0012, pela prática de crime ambiental (art. 29, § 1º, inciso III c/c § 4º, inciso […]

Arquivo Publicado em 17/10/2012, às 09h42

None
146034964.jpg

Após acusação de vários crimes no meio ambiente, Marco Antonio Alves Plácido, proveniente da cidade de Guarulhos (SP), foi condenado na segunda-feira (15), pela Juíza de Direito da 1ª Vara da Comarca de Ivinhema Drª. Cristiane Biberg, autos n. 0001964-70.2009.8.12.0012, pela prática de crime ambiental (art. 29, § 1º, inciso III c/c § 4º, inciso III e § 5º, todos da Lei nº 9.605/98), tendo sido aplicadas as penas de 5 (cinco) anos e 3 (três) meses de detenção, em regime fechado, e mais 540 (quinhentos e quarenta) dias-multa.


Ainda, em razão de estar foragido, na mesma decisão, foi decretada a sua prisão preventiva. Conforme foi apurado, o condenado já ostentava condenações criminais anteriores por prática de crimes ambientais semelhantes, atuando como chefe de uma quadrilha organizada em tráfico ilícito de aves da fauna silvestre, vindo do Estado de São Paulo para adquirir os pássaros no estado de Mato Grosso do Sul os “contrabandeando” para outros Estados e quiçá para fora do país.


Na oportunidade da ocorrência policial, em 17 de setembro de 2009, foram apreendidos no interior do veículo conduzido pelo traficante 163 filhotes de papagaios e uma arara, os quais eram transportados sem qualquer higiene, ventilação ou alimentação. (Com informações do Ivinoticias).

Jornal Midiamax