Geral

Grupo teatral do RS traz espetáculo gratuito que conta confusões de um anti-herói

Nos dias 28 e 29 de abril o IV Corredor Cultural de Teatro de Rua com apresentação do Grupo Oigalê, do Rio Grande do Sul, estará em Dourados e Campo Grande para encenar o espetáculo “Miséria Servidor de dois Estancieiros” e exibir o DVD “Oigalê – 10 anos de Teatro de Rua e a realização […]

Arquivo Publicado em 23/04/2012, às 13h10

None

Nos dias 28 e 29 de abril o IV Corredor Cultural de Teatro de Rua com apresentação do Grupo Oigalê, do Rio Grande do Sul, estará em Dourados e Campo Grande para encenar o espetáculo “Miséria Servidor de dois Estancieiros” e exibir o DVD “Oigalê – 10 anos de Teatro de Rua e a realização do Seminário de Teatro de Rua”.


O projeto, que recebeu o prêmio Myriam Muniz da Funarte e conta patrocínio da Petrobras, está percorrendo quatro estados brasileiros (além de Mato Grosso do Sul, o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná), todas as apresentações são gratuitas.


Em Dourados, no Salão Social do SESC, o vídeo será apresentado a partir das 9h30 do dia 28 e também haverá um seminário para os participantes. Mais tarde, às 17 horas, o grupo estará no Shopping Avenida Center com a oficina Teatro de Rua – Arte Circense.


Na Capital o espetáculo “Miséria Servidor de Dois Estancieiros” será apresentado n o dia 29 de abril, domingo, a partir das 17 horas, na Orla Morena, entre as ruas Ana América e Dom Pedro I. A peça conta a história de um anti-herói Miséria, que depois de não conseguir entrar nem no céu e nem no inferno, ficando vagando pelo Pampa, decide vir para a cidade grande trabalhar para dois patrões sem que eles saibam. Confusões e peripécias são a marca do espetáculo, uma farsa gaudéria livremente adaptada do clássico da commedia dell’arte “Arlequim, Servidor de Dois Amos” de Carlo Goldoni.


Informações: Interessados podem obter mais informações no SESC Dourados, pelo telefone (67) 3410-0700 e em Campo Grande pelo telefone 3357-1200.

Jornal Midiamax