Geral

Dupla que incendiou jovem em Campo Grande é julgada pelo Tribunal do Júri

Thiago Segóvia de Moura, 22, e Lucilene Tavares dos Santos, 36, foram condenados pela tentativa de homicídio contra Levi da Costa, 22, que teve o corpo incendiado em 49% na madrugada do último dia 10 (sábado) de março no bairro Morada Verde em Campo Grande. O julgamento no Tribunal do Júri, aconteceu nesta terça-feira (11) […]

Arquivo Publicado em 11/12/2012, às 22h15

None

Thiago Segóvia de Moura, 22, e Lucilene Tavares dos Santos, 36, foram condenados pela tentativa de homicídio contra Levi da Costa, 22, que teve o corpo incendiado em 49% na madrugada do último dia 10 (sábado) de março no bairro Morada Verde em Campo Grande.

O julgamento no Tribunal do Júri, aconteceu nesta terça-feira (11) no Fórum da Capital.

Na época, cinco pessoas foram presas. Thiago pegou pena de oito anos de reclusão pela tentativa de homicídio, por motivo torpe dificultando defesa da vítima. Lucilene foi condenado há seis anos e oito meses.

Lucilene, casada com a vítima por dois anos, foi quem levou Levi até a rua Falcão, nos fundos de uma favela no bairro Morada Verde.

No local, a vítima foi amarrada com uma corda e agredida a socos e chutes. Logo depois foi ateado gasolina e fogo contra a vítima.

Mesmo com o corpo em chamas, Levi conseguiu fugir e correr ao bairro Nascente do Segredo onde foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Luiz Henrique dos Santos, 53 e Thiago Vieira da Silva, 27, presos na época, deixaram de responder por tentativa de homicídio e responderão por ameaça. Já Renato dos Santos de Almeida, 28, foi absolvido.

Jornal Midiamax