Geral

Cine Sesi abre inscrições para oficina de stop-motion em Corumbá

O projeto Cine Sesi Cultural 2012 Mato Grosso do Sul chega a Corumbá na próxima segunda-feira, 30 de julho, data quando começa a oficina de Cinema de Animação Stop-Motion, para as quais as inscrições estão abertas no Centro de Convenções do Pantanal. As vagas são limitadas e podem participar da oficina estudantes a partir de […]

Arquivo Publicado em 26/07/2012, às 18h40

None

O projeto Cine Sesi Cultural 2012 Mato Grosso do Sul chega a Corumbá na próxima segunda-feira, 30 de julho, data quando começa a oficina de Cinema de Animação Stop-Motion, para as quais as inscrições estão abertas no Centro de Convenções do Pantanal.


As vagas são limitadas e podem participar da oficina estudantes a partir de 16 anos, professores e pessoas ligadas à arte, educação e cultura, e interessados em geral. Durante a semana em que acontece a oficina, os alunos participarão de todo o processo de criação, planejamento e produção de um curta de animação com duração aproximada de um minuto, para aprenderem, através da prática, os fundamentos para criação de um filme de animação stop-motion.


As aulas serão ministradas no período da manhã, das 08h às 12h, até o dia 03 de agosto, na sala Taquari, do centro de Convenções do Pantanal, localizado no Porto Geral. Os professores serão Kairê Montenegro e Maurício Nunes.


O projeto ainda leva projeções para locais públicos. Em Corumbá, elas devem ser realizadas na Praça do Sesi ainda em data a ser confirmada pela organização do evento. Entre os filmes que devem ser exibidos estão animações, ficção, comédias, aventura do cinema nacional como “O Palhaço”, estrelado por Selton Melo e Paulo José.


Os filmes são apresentados em tela de 12 m x 5 m com um projetor de 35 milímetros. O som possui três vias de dois mil watts e projetor Light Xenon, além de cinemascope, que permite boa visualização e audição a uma distância de até 25 metros.


O projeto


Patrocinado pelo Sesi e idealizado pela publicitária Lina Rosa Vieira, o projeto é o maior e mais importante do País em sua área. Nunca uma iniciativa deste tipo conseguiu permanecer tanto tempo na estrada ou reunir um público tão numeroso. Em todas as cidades, o Cine SESI conta com uma estrutura que inclui tela gigante de cinema, 500 cadeiras para acomodar a população e pipoca de graça para o público.


“Os moradores apreciaram muito a oportunidade e já queriam saber quando o Projeto retorna à cidade. Para regiões onde a única forma de assistir a um bom filme é por meio da telinha da televisão, ter a oportunidade de ir ao cinema, ainda mais montado na praça e com distribuição de pipoca de graça, não dá para perder”, avaliou o produtor do Cine Sesi em Mato Grosso do Sul, Luiz Fernando Vitral.


A principal aspiração do Cine Sesi Cultural é não mais existir. O projeto busca incentivar a reabertura ou abertura das salas de projeção nas cidades. Ao proporcionar a experiência cinematográfica dentro da comunidade, com uma média de audiência muito acima do que se costuma ter nas salas de projeção das capitais, o Cine Sesi comprova que há espaço para a inserção de equipamentos que tornem as exibições periódicas.


Jornal Midiamax