Geral

Vaccarezza defende Lupi como ‘um homem honesto’

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), reafirmou a defesa do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, mesmo depois da decisão da Comissão de Ética Pública da Presidência da República de recomendar a demissão do ministro. “Eu tenho o Lupi na conta de um homem honesto. Se forem comprovadas outras coisas contra ele, eu […]

Arquivo Publicado em 01/12/2011, às 15h08

None
O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), reafirmou a defesa do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, mesmo depois da decisão da Comissão de Ética Pública da Presidência da República de recomendar a demissão do ministro. “Eu tenho o Lupi na conta de um homem honesto. Se forem comprovadas outras coisas contra ele, eu mudo de opinião”, disse Vaccarezza.
“Eu quero ler as apurações do conselho. Na administração pública não existe fé, existe o que está escrito”, completou. Vaccarezza disse que cabe à presidente Dilma Rousseff demitir ou não o ministro. “Opinião de órgão, cada um pode dar”, afirmou o líder.
Vaccarezza afirmou que as questões envolvendo mudanças de ministro não prejudicaram as votações na Câmara até agora e não irão atingir o apoio dos partidos ao governo da presidente Dilma. Segundo ele, o apoio ao governo não foi condicionado à permanência de ministros nos cargos. 
Jornal Midiamax