Geral

Tempestades e enchentes levam países da América Central a decretar estado de emergência

As tempestades e as enchentes levaram os governos de El Salvador, de Honduras, da Nicarágua e da Guatemala a decretar estado de emergência. O presidente de El Salvador, Maurício Funes, informou que pelo menos 32 pessoas morreram e mais de 20 mil foram afetadas por causa da chuva que atinge a região há uma semana. […]

Arquivo Publicado em 17/10/2011, às 17h38

None

As tempestades e as enchentes levaram os governos de El Salvador, de Honduras, da Nicarágua e da Guatemala a decretar estado de emergência. O presidente de El Salvador, Maurício Funes, informou que pelo menos 32 pessoas morreram e mais de 20 mil foram afetadas por causa da chuva que atinge a região há uma semana.


Os 20 mil desabrigados e desalojados estão em 261 albergues e abrigos provisórios. Maurício Funes disse ainda que estradas, rodovias e pontes, além de 10 mil casas, foram destruídas. Na tentativa de ajudar as vítimas, cerca de 100 toneladas de alimentos foram distribuídos.


Em Honduras, o governo confirmou 13 mortos e, na Nicarágua, as autoridades informaram que sete pessoas morreram. Há ainda desalojados nos dois países. O presidente das Honduras, Porfírio Lobo, disse também que há danos generalizados principalmente nas regiões de Choluteca e Valle, no Sul do país.


Na Guatemala, as autoridades confirmam 28 mortes e mais de 109 mil afetados pelas tempestades e enchentes. O presidente guatemalteco, Alvaro Colom, disse que há 15 mil pessoas em situação de risco e mais de 12 mil desalojadas. Segundo ele, o pior dia foi sábado (15).


Jornal Midiamax