Geral

Jovem perde controle de carro durante manobras ilegais e destrói casa em Campo Grande

Um veículo Passat desgovernado atingiu por vota das 4h30, neste domingo (13) uma residência localizada na rua Santa Emília, esquina com a Santa Inácio, no bairro Santa Luzia, em Campo Grande. De acordo com testemunhas, todos os ocupantes do carro evadiram o local do acidente e um dos envolvidos foi parar no Hospital. A família […]

Arquivo Publicado em 13/11/2011, às 14h47

None
531278685.jpg

Um veículo Passat desgovernado atingiu por vota das 4h30, neste domingo (13) uma residência localizada na rua Santa Emília, esquina com a Santa Inácio, no bairro Santa Luzia, em Campo Grande. De acordo com testemunhas, todos os ocupantes do carro evadiram o local do acidente e um dos envolvidos foi parar no Hospital.


A família composta por cinco irmãos, sendo três mulheres e dois homens, se surpreendeu com o acidente nesta madrugada. “Por muito pouco não acontece uma tragédia maior. Eu estava perto, deitado na sala. Mas ainda bem que foram apenas danos materiais”, destacou Carlos Roberto Gonçalves da Silva, de 45 anos.


Sua irmã, Dinalva Gonçalves, de 57 anos, relatou que antes do acidente eles ouviram barulhos na rua, que pareciam de “rachas”. “Eu estava escutando o rapaz fazendo gracinha no asfalto”, contou ela. O veículo invadiu a residência deles, destruindo a lateral da sala, danificando um carro estacionado na garagem com manchas de óleo e fez vários amassados devido aos destroços, além da parede da casa e do teto da garagem, que despencou.


Os moradores não ficaram feridos, mas há relatos que o Samu encaminhou um dos envolvidos para o Hospital Regional.


Os moradores informaram que tinham mais de duas pessoas no veículo e não foi possível determinar isso com precisão. Quando eles foram verificar a proporção do acidente, os envolvidos estavam fugindo a pé, e segundo os familiares, eles residem na rua Santo Anastácio.


O veículo ficou no local até a chegada da perícia, que retirou o mesmo com a ajuda de um guincho, por volta das 9h, tomando os devidos cuidados para não desmoronar a residência e deixando uma viga de apoio para sustentá-la.


Segundo Ramão Gonçalves da Silva, o pai de um dos envolvidos ajudou na retirada do veículo e informou que o seu filho está no hospital. “O rapaz perdeu muito sangue, mas parece que ele está bem. O veículo tinha seguro e o pai se propôs a ajudar, agora é só aguardar um retorno da família”, informou Ramão.

Jornal Midiamax