Investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) recuperaram nesta quinta-feira, 25, todos os documentos pertencentes ao comandante geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Carlos Alberto Davi dos Santos.

Os autores do furto confessaram para a polícia que depois que perceberam que os documentos pertenciam a alguém do quadro da Polícia Militar resolveram joga-los as margens da Avenida Três Barras. O nome dos autores não foi revelado, pois a DERF investiga se eles praticaram outros crimes desta natureza.

Parte do dinheiro furtado do coronel foi recuperada e o restante deve ser encontrado em breve, já que diligências estão sendo feitas para tanto. A quantia total não foi revelada.

O furto aconteceu na noite desta quarta-feira, na chácara Cachoeira, bairro nobre de Campo Grande. O coronel disse que estava no carro de um amigo, uma Hillux, com o qual visitava outro colega. Na saída da casa, o comandante notou que a caminhonete estava com os vidros quebrados. Logo ele sentiu falta da pasta que costuma carregar seus documentos.