O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) já havia divulgado a ocorrência de baixa umidade relativa do ar, registrando em alguns períodos entre quinta (25) e sexta-feira (26), níveis abaixo dos 30%. Dois incêndios ocorreram nestes dias, o primeiro numa propriedade rural de Corguinho/MS, e o segundo, no aeroporto de Dourados/MS.

O diretor do Aeroporto de Dourados, Nelson Azambuja Almirão, informou que nesta sexta-feira, por volta das 15 horas, ocorreu um incêndio nas dependências externas do Aeroporto, no gramado. Diante do incêndio foi acionado o Corpo de Bombeiros e a Polícia Ambiental, o aconselhou a registrar o boletim de ocorrência. Ele salientou que o local é travessia de indígenas e a área é de grande movimentação de pessoas.

Já em Corguinho, aconteceu um incêndio numa propriedade rural na saida para Baianopolis , nesta quinta-feira (25), em torno das 12 horas. O fato ocorreu nas proximidades da Chácara Vitoria, neste municipio, queimando uns 200 metros quadrados da sua área de reserva. Ambos os casos citados anteriormente já foram controlados.

O risco de propagação do fogo é um fator que vem preocupando as autoridades competentes, devido a falta de conscientização de muitas pessoas e principalmente, pela baixa umidade relativa do ar e os ambientes propícios.