Geral

Casa Branca não confirma visita de Obama a favela no Rio

A Casa Branca não confirmou a visita do presidente Barack Obama a uma favela no Rio de Janeiro. Durante uma entrevista a jornalistas no centro de imprensa estrangeira do Departamento de Estado nesta quinta-feira (17), Daniel Restrepo, assistente especial do presidente para assuntos da América Latina, disse que houve algumas variações na agenda de Obama, […]

Arquivo Publicado em 17/03/2011, às 18h07

None

A Casa Branca não confirmou a visita do presidente Barack Obama a uma favela no Rio de Janeiro. Durante uma entrevista a jornalistas no centro de imprensa estrangeira do Departamento de Estado nesta quinta-feira (17), Daniel Restrepo, assistente especial do presidente para assuntos da América Latina, disse que houve algumas variações na agenda de Obama, mas que não entraria em detalhes.


Ele deixou todas as possibilidades na mesa. “Entre estas opções está a resposta”, brincou, respondendo a jornalistas sobre se a visita não está confirmada ou se está, mas não se pode dizer em qual favela.


Restrepo insistiu que vai haver algumas oportunidades para o presidente interagir com a população brasileira no domingo.


Uma visita do atual presidente americano a Cidade de Deus com a primeira-dama e as duas filhas chegou a ser anunciada pelo governador Sérgio Cabral na internet. Segundo o anúncio, Obama conheceria a comunidade, que recebeu uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).


Nesta quarta-feira (16), Cabral afirmou que Obama passará duas noites no Rio. “Domingo de manhã vai ao Cristo Redentor, em um programa familiar. Depois, à Cidade de Deus, onde nós estaremos lá o esperando. Depois, ele tem um almoço particular e depois vai à Cinelândia, às 15h. Depois, volta ao hotel e dorme no Rio e segue para o Chile no dia seguinte. Sendo que a primeira-dama e as suas filhas à tarde não o acompanham à Cinelândia. Elas terão um outro programa, eu creio no Jardim Botânico”, disse o governador.


A Casa Branca já havia confirmado a visita de Obama ao Cristo Redentor, abrindo a agenda de domingo (20). No mesmo dia, o presidente americano discursa na Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro. Segundo a embaixada americana, o evento acontecerá à tarde, será gratuito, aberto ao público e direcionado a todos os brasileiros, com entrada a partir das 11h30. O discurso do presidente americano será traduzido.

Jornal Midiamax