Geral

Schumacher admite que terá dificuldades no GP da Itália

O alemão Michael Schumacher não acredita que conseguirá no GP da Itália, em Monza, o seu primeiro resultado expressivo após o seu retorno à Fórmula 1. O heptacampeão mundial lembrou que a Mercedes enfrenta dificuldades para alcançar um bom desempenho nas pistas mais rápidas nesta temporada. “Já vimos várias vezes este ano que os circuitos […]

Arquivo Publicado em 03/09/2010, às 18h07

None

O alemão Michael Schumacher não acredita que conseguirá no GP da Itália, em Monza, o seu primeiro resultado expressivo após o seu retorno à Fórmula 1. O heptacampeão mundial lembrou que a Mercedes enfrenta dificuldades para alcançar um bom desempenho nas pistas mais rápidas nesta temporada.




“Já vimos várias vezes este ano que os circuitos com características como as do Monza realmente não se adaptam aos nossos carros. Claro, vamos lá dispostos a tentar conseguir o máximo que podemos a partir de nosso equipamento e vamos ver em que medida podemos alcançar isso”, afirmou.



Apesar do pessimismo, Schumacher reconheceu que o fim de semana em Monza será especial, já que ele vai reencontrar a torcida da Ferrari. “Em um nível pessoal, estou muito ansioso para voltar para Monza, onde fui tão calorosamente apoiado por tantos anos”, disse.



Schumacher ainda relembrou com a alegria o seu desempenho no GP da Bélgica, quando largou da 21ª posição e terminou em sétimo lugar. “Spa foi um bom e divertido fim de semana de corrida que eu gosto de recordar, por ter conseguido um resultado razoável, considerando as circunstâncias”, comentou.

Jornal Midiamax